Header Ads

>

Thaisa elogia torcida na final do Paulista





Osasco campeão paulista (Foto: João Pires/Fotojump)

 "Vai lá, vai lá, vai lá, vai lá de coração, vamos Osasco, vamos Osasco, vamos ser campeão (sic)". Esse era o grito quando a equipe estava prestes a fechar o primeiro set. Antes, a torcida já havia entoado "Ô, vamos ganhar Osascô" e " Essa noite, teremos que ganhar", cânticos muito utilizados pelas torcidas de futebol. Além de apoio ao Osasco, houve também gritos contra as jogadoras do São Caetano. No fim do primeiro set, Mara foi substituída e ouviu: "Saiu a pipoqueira, ôôô". A cada reclamação das jogadoras do ABC com os árbitros, o público não perdoava: " Ah, que é isso, elas estão descontroladas".

Thaisa, uma das principais jogadoras da partida, agradeceu o carinho do público:

- Eles nunca param, eles vibram e cantam o tempo inteiro. Está todo mundo de parabéns, esse ginásio estava lindo com todo mundo pulando - disse a central.

Se fora da quadra a torcida fez o seu papel, dentro dela, as jogadoras demonstraram uma superioridade incrível. Dani Lins, levantadora campeã olímpica, distribuiu muito bem as jogadas, Thaisa realmente esteve um "paredão" - como a torcida insistiu em berrar durante toda a partida -, e Camila Brait chegou em algumas bolas que pareciam impossíveis. Mas o maior destaque foi a cubana Carcaces, que sacou muito bem em diversas oportunidades, garantindo pontos seguidos ao time.

Este foi o 12º título do Osasco na história da competição, o terceiro seguido. Antes, o time da região metropolitana de São Paula havia sido campeão em 1996 e oito vezes consecutivas, entre 2001 e 2008.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.