Header Ads

>

Rexona AdeS avança à semi do Mundial




Vôlei, Natália, Rio de Janeiro (Foto: FIVB)

Rápida, sem sofrimento. Foi assim que se desenhou a vitória do Rio de Janeiro, decacampeão da Superliga, diante das dominicanas do Mirador por 3 sets a 0 (25/14, 25/19 e 25/18), no início da tarde de sexta-feira, na Arena Saalsporthalle, em Zurique-SUI. O jogo foi tão tranquilo que o técnico Bernardinho pôde poupar sua levantadora titular Fofão durante toda 1h50m de partida e também suas titulares, exceção de Natália, no terceiro set. A grande novidade apresentada pela equipe caribenha, convidada para o torneio, foi a ponteira Natalia Martinez, de apenas 14 anos e 1,86m, que anotou quatro pontos. Com o resultado, as cariocas encerram sua participação na primeira fase na liderança do grupo A, com seis pontos e duas vitórias. Agora, esperam a definição do segundo colocado da chave B para a semifinal de sábado. Eczacibasi (Turquia), Dínamo Krasnodar (Rússia) e Hisamitsu Springs (Japão) são as possibilidades.

- Quase não temos tempo de treinar em uma competição como essa e precisamos aproveitar bons momentos como o de hoje para trabalhar as meninas. Acho que fizemos um jogo certo, com poucos erros, tranquilidade e consistência. Agora é esperar para ver o nosso adversário. Quem vier será pedreira, com certeza - declarou Bernardinho.

Mal na estreia contra o Volero Zurich, Natália se recuperou e foi a protagonista. A atacante atuou durante todo o tempo e fechou como a maior pontuadora. Foram 16 no total, sendo 11 de ataque, quatro de bloqueio e um de saque.

- Apesar de ter sido mais fácil que o jogo de ontem, esta partida foi importante para conseguirmos pegar mais ritmo. Cometemos poucos erros, sacamos bem e fomos consistentes na defesa. Sabemos que amanhã será uma pedreira, seja qual for o adversário, mas se mantivermos esse aproveitamento jogaremos de igual para igual com qualquer um deles - disse a ponteira/oposta.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.