Header Ads

>

Jogador de vôlei da Eslovênia contraiu zika no Brasil




http://cdn.kme.si/public/images-cache/615xX/2015/07/27/57bb8a758a9d82669e9dca9ac24c4312/55b62fba0cfe6/57bb8a758a9d82669e9dca9ac24c4312.jpeg

A imprensa da Eslovênia publicou nesta quinta-feira que um jogador da seleção de vôlei do país foi infectado pelo vírus da zika durante uma viagem ao Brasil no mês passado, fato que é desmentido pela federação local da modalidade. 

A equipe nacional, que não se classificação para os Jogos Olímpicos, fez quatro amistosos contra a seleção brasileira, que se prepara para a competição. De acordo com o jornal "Slovenske Novice", o atleta que teve zika foi Jan Klobucar.

O instituto de saúde pública da Eslovênia e o departamento de doenças infecciosas do Centro Clínico Universitário de Liubliana, confirmaram hoje que houve um contágio de pessoa que esteve na América do Sul no mês passado.

O nome da pessoa infectada ou qualquer outro detalhe não foram revelados pelos órgãos.

"O caso importado não representa um perigo para a saúde pública", garantiu o instituto de saúde pública do país, informando que o paciente será tratado segundo a prática clínica regular.

A Federação de Vôlei da Eslovênia desmentiu hoje que um dos atletas da seleção tenha sido contagiado com zika, apesar de admitir que um deles adoeceu depois que retornou ao Brasil. Inicialmente, o jogador foi tratado pelo Centro Clínico Universitário.

"Todos os exames mostraram que o jogador do vôlei não foi contagiado pelo vírus da zika", disse a entidade esportiva, por meio de comunicado.

Devido ao temor pela doença, especialmente para grávidas, Klemen Cebulj, um dos jogadores da seleção eslovena, cuja mulher está grávida, não quis viajar para o Brasil em maio, de acordo com informações do jornal "Delo".

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.