Header Ads

>

Jaqueline comemora centésima vitória no banco






Peça importante no passe da seleção brasileira, Jaqueline havia sido aproveitada em todas as partidas do Grand Prix. Ironicamente, porém, a ponteira ficou o tempo todo no banco justamente no dia em que comemorou sua centésima vitória com a camisa verde-amarela.

A decisão do técnico José Roberto Guimarães faz parte do rodízio promovido pela comissão técnica para dar ritmo a todas as jogadoras. Como Mari e Paula Pequeno tinham jogado pouco tempo juntas até então, as duas foram titulares no êxito por 3 a 0 sobre Taiwan neste sábado.

"Foi ótimo. O Zé Roberto está dando oportunidade para outras jogadoras e isso é importante. Não joguei, mas apoiei o time e estou muito feliz. Valeu pela centésima vitória", minimizou Jaqueline.

Além de deixar Jaqueline no banco, Zé Roberto não relacionou a líbero Fabi e a oposta Sheilla, consideradas titulares absolutas. A meio-de-rede Adenízia, por sua vez, começou pelo segundo jogo seguido como titular, desta vez ao lado de Fabiana, deixando Thaísa na reserva.

Joycinha também ganhou uma chance na saída de rede ao substituir Natália a partir do final do segundo set, assim como a levantadora Dani Lins, que entrou no lugar de Fabíola. Já a líbero Camila Brait jogou pela primeira vez no torneio.

"Hoje continuei com o revezamento entre as jogadoras. Como venho dizendo, nosso pensamento está na fase final e é importante dar ritmo para todas as atletas. A Sheilla e a Fabi vinham jogando sempre. Era hora de testar outras jogadoras. Isso faz parte do planejamento", justificou o técnico.
Tenha as melhores ofertas do Magazine Luiza: clique aqui!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.