Header Ads

>

Praia Clube e Pomerode vencem na estreia da Liga Feminina de Vôlei





A rodada desta terça-feira das finais da Liga Nacional feminina de vôlei não teve surpresas. Nos dois últimos jogos da rodada, os times favoritos alcançaram vitórias expressivas. O Banana Boat/Praia Clube (MG) venceu o Sebastião/Semp Toshiba (AM) por 3 sets a 0 (25/11, 25/13 e 25/19), enquanto o Pomerode/ADP (SC) passou pelo Clube do Remo (PA), também por 3 sets a 0 (25/16, 25/17 e 25/14). Os jogos foram realizados no ginásio Ralf Knaesel, em Pomerode (SC).

A torcida compareceu em bom número ao ginásio Ralf Knaesel para prestigiar o time da casa. E o Pomerode/ADP (SC) retribuiu o carinho do público com uma convincente vitória sobre o Clube do Remo (PA), em partida válida pela primeira rodada do grupo A.

Apesar da vitória, o técnico do Pomerode/ADP, Rogério Portela, admitiu que o time sentiu a falta de ritmo de jogo. No entanto, o treinador lembrou que as jogadoras se soltaram no decorrer da partida.

"Fazia tempo que nós não jogávamos em casa. O time estava um pouco apreensivo no início, mas cresceu ao longo da partida. É bom ter a torcida por perto, principalmente com esse clima frio", disse o treinador.

Já o técnico da equipe paraense, José de Carvalho, explicou que seu time sofreu com o desfalque de duas ponteiras que não puderam acompanhar o time na fase final. "Nós erramos muito principalmente o saque. O nervosismo da estreia também foi grande. Precisamos ficar mais calmos", afirmou José de Carvalho.

Um jogo foi de extremos. De um lado, uma das equipes favoritas ao título da competição, o Banana Boat/Praia Clube (MG). Do outro, o São Sebastião/Semp Toshiba (AM), um time amador na luta para ganhar experiência. O time mineiro levou a melhor e venceu a partida válida pelo Grupo B.

Para o técnico da equipe mineira, Spencer Lee, a partida foi importante para dar ritmo de jogo para suas atletas. "Foi bom para nosso grupo conhecer o ginásio e aprender a jogar nessa temperatura. Nesse momento, queremos todo o time com condições de jogo. As jogadoras têm que se ambientar a competição", disse o treinador.

Capitã do Banana Boat/Praia Clube, a meio de rede Paula de Barros concorda com o treinador. "Nós apresentamos um bom voleibol e todo o time pôde jogar. Também foi bom tirar a tensão da estreia", explicou a jogadora.

Já o treinador do São Sebastião/Semp Toshiba, Odilo Antônio, afirmou que é difícil para uma equipe amadora enfrentar um time profissional. Mesmo assim, o técnico manteve o otimismo e espera conseguir vencer pelo menos duas partidas nessa fase final.

"O voleibol no Norte do Brasil tem outra estrutura. Estamos começando a nos desenvolver. Temos um projeto para trazermos uma equipe mais competitiva no próximo ano", disse o técnico.

Quatro jogos pela segunda rodada - Pela segunda rodada da Liga Nacional Feminina, nesta quarta-feira (18), quatro jogos prometem esquentar o público presente. Clube Fênix do Rio Verde (GO) e o caçula São Sebastião/Semp Toshiba (AM) abrirão a rodada, logo no início da manhã.

Logo depois, às 10h, entrarão em quadra o Clube do Remo (PA) e o Pauta/São José (SC). No jogo das 16h, o Banana Boat/Praia Clube (MG) enfrentará o Ferroviário A. C. (RO). Já o time da casa, o Pomerode/ADP tentará a segunda vitória na competição contra a Unifor (CE) às 20h.

Tenha as melhores ofertas do Magazine Luiza: clique aqui!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.