Header Ads

>

Thaísa acredita em título inédito





Aos 21 anos ela já se tornava campeã olímpica, em Pequim-2008. Hoje, com 23, Thaísa terá a oportunidade de participar pela primeira vez de um Mundial de vôlei feminino com a Seleção Brasileira.

Apesar da pouca idade, a meio de rede está acostumada desde cedo com grandes desafios (ela foi bicampeã mundial com a seleção juvenil em 2003 e 2005) e mostra confiança em celebrar mais um título ao lado das companheiras.

"Estou ansiosa para entrar logo em quadra. O Brasil ainda não tem um título mundial no feminino e queremos conquistar o ouro para o nosso país. Será uma competição difícil e equilibrada, mas estou muito confiante. O grupo está unido, motivado e estamos treinando muito bem. Vamos com tudo para buscar esse título", comentou.

Thaísa acredita que o título conquistado pela seleção masculina, no Mundial da Itália, trará um ânimo a mais para a equipe na competição. "O título dos meninos nos motivou ainda mais. Foi muito legal assistir à conquista deles. Depois disso, nossa expectativa ficou ainda maior. Quero que o campeonato comece logo", disse a atleta.

Apesar de nunca ter participado de um Mundial, Thaísa já chegou a treinar ao lado do time titular que se preparava para a competição, em 2006. Os treinos com as titulares da época acabaram alavancando a carreira da atleta, que foi convocada para defender o Brasil no ano seguinte.

"Ser convidada para treinar com a Seleção foi uma realização. Tinha 19 anos e lembro que ficava nervosa por treinar ao lado das principais jogadoras de vôlei do Brasil. Apesar de não ter sido convocada e de não ter jogado nenhuma competição oficial em 2006, foi um passo muito importante na minha carreira. No ano seguinte, fui convocada pela primeira vez e comecei a defender a Seleção nos campeonatos", contou Thaísa.

O Brasil está no grupo B do Mundial do Japão. A estréia da Seleção será contra o Quênia, na sexta-feira, em Hamamatsu.

Tenha as melhores ofertas do Magazine Luiza: clique aqui!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.