Header Ads

>

Com Bernardinho no comando, seleção está quase completa





Com o grupo praticamente completo, a seleção masculina de vôlei segue sua preparação para a Liga Mundial, que começa no dia 27 de maio. O grupo está concentrado no Aryzão, em Saquarema (RJ), e nesta semana ganhou o reforço de cinco atletas e do técnico Bernardinho. Campeão da Superliga Feminina 10/11 pela Unilever (RJ), o treinador apresentou-se no início da semana e assumiu o comando dos trabalhos, que vinham sendo liderados pelos assistentes técnicos Rubinho e Chico dos Santos.

A 16 dias da estreia na Liga Mundial, contra Porto Rico, em San Juan, Bernardinho sabe que tem pouco tempo para preparar a equipe para o primeiro desafio da temporada 2011.

"A Superliga e os outros campeonatos nacionais não nos deram muito tempo para fazer a preparação da maneira adequada, já que precisamos dar um descanso aos atletas entre o término delas e o início dos treinamentos com a seleção. A Liga Mundial é uma competição longa e desgastante, e por isso precisamos refletir bastante sobre a utilização dos atletas no início", acredita o treinador.

Atualmente, treinam no Aryzão o levantador Marlon, os líberos Alan (recuperando-se de um fratura no punho direito), Sérgio, Mario Junior; os opostos Leandro Vissotto, Theo e Wallace, os ponteiros Murilo, Giba, Thiago Alves, João Paulo Bravo e João Paulo Tavares e os centrais Gustavo, Lucas e Sidão. O levantador Bruno chega a Saquarema nesta quinta-feira (12.05). O central Rodrigão, liberado para alguns dias de folga, se reapresentará em alguns dias. Já o ponteiro Dante iniciará os treinamentos no dia 23, e não viajará com a equipe para Porto Rico.

"Temos um grupo que mantém as características das últimas temporadas. De um lado, temos os atletas mais experientes, que sabem o caminho das vitórias e fazem questão de manter nossos conceitos. De outros, temos os jovem, que chegam com disposição e força", explica Bernardinho.

Na primeira fase da Liga Mundial, o Brasil divide o Grupo A com Porto Rico, Polônia e Estados Unidos. Nos dias 27 e28 de maio, os brasileiros enfrentarão os porto-riquenhos em San Juan. Depois, jogarão nas três semanas seguintes no Rio de Janeiro, em Belo Horizonte e São Paulo, contra Polônia, Estados Unidos e Porto Rico, respectivamente. Os compromissos seguintes serão contra os Estados Unidos, em Tulsa, e contra a Polônia, em Katowice, encerrando a primeira fase.

"É um grupo forte, que conta com três seleções que estão entre as candidatas ao título. Por outro lado, chegando à Fase Final, já estaremos com um ritmo bom. A seleção de Porto Rico, que teoricamente está em um patamar inferior, também é muito perigosa, pois joga sem responsabilidade. Os poloneses já estão garantidos na Fase Final e utilizarão a primeira fase como preparação. Os Estados Unidos, mesmo quando não estão bem, costumam dificultar muito a vida do Brasil", avalia.

Na Liga Mundial, as 16 seleções são divididas em quatro chaves, de onde sairão as duas melhores para a Fase Final, que acontece em Gsdank, na Polônia. Por receberem a etapa decisiva, os poloneses já estão garantidos. No Grupo B, lutarão pela classificação Rússia, Bulgária, Japão e Alemanha. Enquanto isso, Argentina, Sérvia, Finlândia e Portugal formam a chave C. O Grupo D é composto por Itália, França, Cuba e Coreia do Sul.

Tenha as melhores ofertas do Magazine Luiza: clique aqui!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.