Header Ads

>

Jogador do Londrina desmaia logo após dois aces na Superliga





Marcão foi um dos jogadores que sentiram as dificuldades físicas da virose que atacou o time. Foto: Fabrício Escandiuzzi/Especial para Terra

Um jogador da equipe do Londrina/Sercomtel desmaiou em quadra nos instantes finais do jogo contra a Cimed/Sky, realizada na noite deste sábado, em Florianópolis, pela Superliga masculina de vôlei.

O ponteiro Marcão havia acabado de fazer dois aces consecutivos ao final do terceiro set. Logo após a equipe catarinense recuperar a bola e conseguir marcar 24/19, o jogador desabou no meio da quadra. Companheiros de equipe e dois socorristas atenderam ao atleta, que rapidamente se levantou e foi amparado até o banco de reservas.

Marcão e outros jogadores da equipe do Londrina foram hospitalizados na noite desta sexta-feira devido a uma virose. O time ainda tentou adiar o jogo junto à Confederação Brasileira de Voleibol (CBV), sem sucesso. Com isso, apenas nove jogadores se revezaram em quadra - sendo que três deles apenas ajudaram a compor o banco de reservas e pouco jogaram. Dois médicos acompanharam a delegação de perto e chegaram a entrar em quadra durante dois pedidos de tempo.

O mal-estar de Marcão e o fato da partida não ter sido adiada revoltou os paranaenses. A situação foi tão dramática que o time não contava nem mesmo com o treinador. As orientações e esquemas de jogo eram debatidos pelos próprios nove jogadores nos pedidos de tempo. Ao final, parte da torcida catarinense ainda aplaudiu o time do Londrina.

"O que aconteceu foi muito triste. Estávamos com oito jogadores internados ontem (sexta-feira) e hoje mal conseguíamos andar em quadra", disse o meio de rede Juliano Bendini. "Pedimos o adiamento da partida e não sei até agora porque a CBV não nos atendeu. Esse é o que falam ser o melhor campeonato do mundo, não podem deixar jogadores e público se submeterem a uma coisa dessas."

Alheio aos problemas do adversário, o jogador da Cimed e Seleção Brasileira, Gustavo, comemorou a vitória e a volta gradativa às quadras. "Nossos adversários tiveram um problema de virose, mas em respeito ao nosso trabalho e torcida, fizemos o melhor dentro de quadra", disse. "Estamos ganhando confiança aos poucos e sabemos que a partir do segundo turno da Superliga as equipes começam a se entrosar e crescer na competição. Foi um bom começo."

Pela manhã, em contato com o Terra, a Confederação Brasileira de Vôlei informou que irá aguardar a chegada do relatório da partida para definir se fará qualquer tipo de pronunciamento sobre as críticas.

Tenha as melhores ofertas do Magazine Luiza: clique aqui!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.