Header Ads

>

Campinas bate Sesi e embola disputa pela liderança da Superliga






O líder Sesi não foi páreo para Campinas na noite desta quarta-feira, no Ginásio do Taquaral. Em uma das melhores atuações na Superliga Masculina de Vôlei, o time do técnico Cacá Bizzocchi venceu por 3 sets a 1, se reabilitou após duas derrotas consecutivas e quebrou a sequência de cinco triunfos do adversário, que deixará a primeira colocação da Superliga Masculina até o fechamento da sexta rodada do returno. As parciais foram de 25/18, 18/25, 25/20 e 25/23, em 1h52 de jogo.

Com 37 pontos, o Sesi perderá a ponta isolada do torneio para Vôlei Futuro ou Florianópolis. Os dois, com 36 pontos, se enfrentam na quinta, na capital catarinense. Independentemente do resultado, um dos dois assumirá o primeiro lugar – seja por pontos ou nos critérios de desempate.

Para Campinas, a vitória garantiu a sétima colocação provisória, com 25 pontos. A vantagem para o nono colocado, que é o Montes Claros, também subiu para dez pontos.

- Quando o conjunto vai bem, tudo fica mais fácil. A gente está próximo da classificação matemática, mas tem um caminho duro pela frente. Esse resultado é bom para dar moral para a equipe. Agora, é subir um pouco mais na tabela e se preparar para os playoffs – afirmou o ponteiro Bruno Zanuto, principal pontuador da partida, com 16 pontos, e eleito o melhor jogador em quadra.

O próximo desafio de Campinas está marcado para 25 de fevereiro, contra Volta Redonda, no Rio de Janeiro. No mesmo dia, o Sesi recebe Montes Claros.

Murilo, a principal estrela de Sesi, reconheceu a superioridade de Campinas durante a partida. Foi o sétimo encontro entre as equipes na temporada. O Sesi levou a melhor em quatro oportunidades.

- A gente pecou muito e desperdiçou muitos contra-ataques. A equipe esteve um pouco desfigurada e errou muito. Eles mereceram a vitória – comentou.

Lance do jogo entre Campinas e Sesi pela Superliga Masculina de Vôlei (Foto: Thiago Navas/ VIPCOMM)

Apesar da análise de Murilo, o Sesi começou melhor e foi para o primeiro tempo técnico em vantagem: 8 a 6. Após a parada, Campinas encaixou os ataques e virou. Depois, manteve a regularidade para fechar em 25 a 18 com um contra-ataque de André Lukianetz.

No segundo set, Sesi devolveu o placar e empatou o duelo. Para voltar ao comando do marcador, Campinas contou com a eficiência de Gustavão no bloqueio. O central fez dois pontos seguidos de bloqueio, deixou Campinas com 13 a 11 na frente e levou Geovane Gávio a pedir tempo. De nada adiantou. Campinas ainda ampliou a fez 25 a 20.

O quarto set foi o mais equilibrado. O Sesi manteve sempre um ou dois ponto de vantagem até a reta decisiva, quando Campinas fez quatro pontos seguidos e virou para 20 a 18. Os visitantes chegaram a ensaiar uma reação, mas um erro de saque de Everton definiu a vitória de Campinas no set e no jogo: 25 a 23.
 



Tenha as melhores ofertas do Magazine Luiza: clique aqui!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.