Header Ads

>

CBV deve convocar duplas originais', diz Ricardo sobre Jogos Olímpicos






Ricardo comemora (Foto: Daniel Fonseca/CBV)
Ricardo está confiante em vaga para Londres

(Foto: Daniel Fonseca/CBV)

O campeão olímpico de vôlei de praia, Ricardo, que é baiano e está radicado há mais de 10 anos em João Pessoa, falou nesta quinta-feira sobre as mudanças promovidas pela Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) para a escolha dos atletas que vão representar o Brasil nas Olimpíadas de Londres. Ele se mostrou bastante confiante com a convocação e disse que, na sua opinião, a entidade deverá respeitar as duplas originais na hora da convocação.

É que, no dia 30 de janeiro, a CBV anunciou os novos critérios propostos pela Federação Internacional de Vôlei (FIVB) para a escolha das quatro duplas brasileiras (duas no masculino e duas no feminino) que irão para Londres. Até os Jogos de Pequim, em 2008, as duplas com as melhores posições no ranking mundial se classificavam automaticamente. Agora, será a própria CBV que irá convocar os atletas. O anúncio será feito em junho.

A entidade divulgou também o nome das três duplas, de cada categoria, que estão concorrendo. No masculino, Alison/Emanuel, Ricardo/Pedro Cunha e Márcio/Pedro Solberg estão na busca pela vaga. Já no feminino, as escolhidas foram Juliana/Larissa, Talita/Maria Elisa e Vivian/Taiana

Com as mudanças, a CBV tem a autonomia de convocar os atletas independentes de suas duplas. Isso significa que duplas que não jogam juntos no dia a dia, poderiam jogar lado a lado nas Olimpíadas. O que em tese, seria possível que o Brasil fosse novamente representado pela dupla Ricardo e Emanuel, donos da única medalha olímpica de ouro do vôlei de praia masculino, conquistada em 2004, em Atenas. Mas Ricardo não acredita nesta possibilidade.

Se for pelos resultados, nós estamos indo muito bem. Estou bem confiante na minha ida"
Ricardo, medalhista olímpico

- Cada dupla treinará individualmente. Não teremos treinos coletivos com as outras duas duplas. Como já está em cima das Olimpíadas, não terá tempo de se entrosar com outro atleta. Acho que isso só irá acontecer em caso de lesão – apostou.

Ricardo ainda se mostrou bastante indiferente sobre a possibilidade dos novos critérios afetarem as suas chances de conquistar a vaga. Atualmente, Ricardo e Pedro Cunha são a segunda dupla mais bem posicionada no Ranking Mundial, ocupando a 19ª colocação. Antes da mudança, eles só dependeriam deles mesmos para conseguirem ficar entre os 16 melhores do mundo e irem para Londres. Agora, terão que passar pelo crivo da CBV.

- Para mim, continua a mesma coisa, porque minha equipe está vencendo. Se for pelos resultados, nós estamos indo muito bem. Estou bem confiante na minha ida - declarou.

ricardo e pedro cunha em maceió (Foto: Divulgação / CBV)
Tenha as melhores ofertas do Magazine Luiza: clique aqui!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.