Header Ads

>

Sollys/Nestlé vence Praia Clube e reassume a vice-liderança






Sollys/Nestlé (SP) e Banana Boat/Praia Clube (MG) se enfrentaram em jogo isolado pela quinta rodada do returno da Superliga feminina de vôlei nesta TERÇA-FEIRA (14.02). E, no duelo de invictos no segundo turno da competição, melhor para o time paulista, que jogou em casa, no ginásio José Liberatti, em Osasco (SP), e venceu, de virada, por 3 sets a 1 (27/29, 25/23, 25/17 e 25/14), em 1h57 de jogo.

O Sollys/Nestlé segue com 100% de aproveitamento no returno depois de vencer São Caetano (SP), Mackenzie/Cia do Terno (MG), Rio do Sul (SC), BMG/São Bernardo (SP)e, agora, Banana Boat/Praia Clube. Com o resultado desta terça-feira, o time de Osasco chegou a 40 pontos (14 vitórias e três derrotas) e retomou a segunda colocação, que estava com o Vôlei Futuro (SP) desde ontem.

Nesta terça-feira, a oposto Destinee Hooker teve grande atuação e, eleita a melhor jogadora da partida, foi premiada com o Troféu VivaVôlei. Ela ainda foi a maior pontuadora do confronto, com 24 acertos.

Sua companheira de equipe, a central Adenízia, também foi considerada um dos destaques do jogo. "A nossa equipe entrou meio desconcentrada, deixando o outro time jogar e isso não pode acontecer. No segundo set, voltamos mais tranquilas, mais calmas, e mostramos que esse é o nosso jogo", analisou a central do Sollys/Nestlé, que marcou 20 pontos.

Sem poder contar com a ponteira Ju Costa, lesionada, o técnico Luizomar de Moura escalou Samara para começar a partida. E a partir do segundo set, colocou Tandara na posição de ponteira. Com boa distribuição de bola para Hooker, Adenízia, Tandara e todas as jogadoras do Sollys/Nestlé, a levantadora Fabíola saiu de quadra satisfeita.

"Hoje foi um jogo muito complicado, difícil, cansativo e que exigiu muito da gente. Por isso, a equipe está de parabéns, pois conseguiu os três pontos, que era o nosso objetivo", comentou Fabíola.

Pelo lado do Banana Boat/Praia Clube, a pontuação foi bem dividida. A ponteira Dayse foi quem mais marcou, com 15 acertos. Mas a ponteira Suelle marcou 13 e a oposto Monique, 12. O técnico Spencer Lee demonstrou satisfação, mesmo com o resultado negativo da equipe.

"Temos que jogar o tempo todo no limite, sem se dar ao luxo de errar. Hoje, erramos muito, mas fomos competitivos. Jogamos bem e a expectativa é que a equipe possa ter aprendido muito com esse jogo para continuar competitiva nos próximos confrontos contra grandes equipes como o Sollys/Osasco", disse Spencer Lee.

Na próxima rodada, o time paulista enfrentará o Macaé Sports (RJ), no ginásio Juquinha, em Macaé (RJ). E a equipe mineira terá um duelo difícil contra a Unilever (RJ), no ginásio do Praia Clube, em Uberlândia (MG). Os dois jogos serão na QUINTA-FEIRA (16.02), às 20h.


Tenha as melhores ofertas do Magazine Luiza: clique aqui!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.