Header Ads

>

Funeral de vice-campeão olímpico reúne a Geração de Ouro da Itália






No adeus a Vigor Bovolenta, nada de flores. Um pedido da família. Na fachada da igreja de Taglio de Po, província de Rovigo, uma enorme foto do vice-campeão olímpico vibrando após um ponto da seleção italiana, foi colocada. Era essa imagem que a esposa e os filhos queriam guardar dele. Nesta quarta-feira, 400 pessoas se amontoaram para acompanhar ao discurso da esposa e ao cerimonial dentro da pequena igreja. Do lado de fora, outras milhares exibiam faixas e ouviam a tudo pelos alto-falantes colocados na Piazza Venezia. 

Ainda tentavam entender o que havia acontecido ao meio de rede, de 37 anos, que no sábado sentiu a cabeça girando e caiu inconsciente na quadra durante o terceiro set da partida entre o Forli e o Lube Macerata. O resultado da autópsia, feita na terça-feira, será divulgado no período de 90 dias. O caixão foi envolto com a bandeira da Itália ecarregado por ex-companheiros como Papi, Savani, Rosalba, Giombini e Zlatanov. Entre eles, estava também o mais velho dos quatro herdeiros de Bovolenta e Federica Lisi, Alessandro, de 7 anos.

enterro de Vigor Bovolenta jogador de vôlei (Foto: Reprodução)

Diante de amigos de toda a Geração de Ouro do país, que não conseguiam esconder a emoção, a mulher de Bovolenta pedia: "Não chorem, porque Bovo gostava de rir". Foi aplaudida, mas não conseguiu arrancar muitos sorrisos. Pouco depois, foi ouvido um  "Bravo Bovo". O corpo foi enterrado no túmulo da família, ao lado do irmão Antonio, que faleceu na década de 90.

Tenha as melhores ofertas do Magazine Luiza: clique aqui!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.