Header Ads

>

Rio vence o Sesi e sai na frente nos playoffs da Superliga






A vantagem de jogar em casa não foi suficiente para o Sesi neste domingo, na estreia do time paulista nos playoffs da Superliga masculina de vôlei. Diante de fortes saques e de uma atuação inspirada de Dante, o atual campeão da competição foi derrotado pelo Rio de Janeiro em um emocionante tie-break no primeiro jogo das quartas de final. As parciais do triunfo carioca foram 25/23, 27/25, 17/25, 21/25 e 16/14.

Com a vitória, o Rio de Janeiro pode fechar a série em casa no próximo sábado, dia 24. O segundo jogo da série melhor de três será no Maracanãzinho, às 12h (de Brasília).

Rio de Janeiro vôlei Superliga (Foto: Alexandre Arruda / CBV)

O jogo foi equilibrado desde o começo, sem que algum time conseguisse abrir boa vantagem. O primeiro set foi apertado, e o Rio de Janeiro ganhou pela vantagem mínima: 25 a 23, com um ataque de Lucão, pelo meio, selando a parcial.

Na segunda parcial, o Sesi parecia rumar para o empate quando abriu 20/16 graças a um belo bloqueio de Sandro, seu levantador. A vantagem do time da casa, contudo, acabou quando Dante foi para o saque pelo time carioca e fez estrago na recepção dos rivais. Com um ace, o ponteiro deixou o placar em 20/20. O Sesi ainda teve um set point no 24/23, mas Lipe salvou o Rio. Pouco depois, Dante voltou a brilhar. Primeiro, atacou bem e deu o set point a seu time. Depois, com 26/25 no placar, foi acionado no contra-ataque e soltou uma bela diagonal para fechar o set.

Aos poucos, Wallace cresceu na partida, e o resto do time do Sesi acompanhou. No terceiro set, o time da casa novamente abriu 20/16 e, desta vez, evitou a virada. Primeiro, com um ataque Wallace. Depois, o oposto levantou para um contra-ataque de Léo Mineiro. Em seguida, o mesmo Wallace conseguiu um bloqueio para dar um set point ao Sesi. Um belo saque de Murilo, que o Rio de Janeiro não devolveu, deu números finais ao set: 25/17.

Wallace Sesi Superliga vôlei (Foto: Alexandre Arruda / CBV)

A quarta parcial começou bem melhor para o visitante, que voltou a jogar de forma mais sólida e chegou ao segundo tempo técnico liderando por 16/12. Aos poucos, porém, o Sesi foi descontando a diferença. Primeiro, com um bloqueio de Wallace. Depois, graças a erros de ataque de Lipe e Theo. Quando Wallace virou um contra ataque, pouco depois, o time da casa passou à frente e fez 21/20. O próprio Wallace virou a bola seguinte para abrir 22/20. Dois erros do time carioca deram números finais ao jogo. Primeiro, uma condução do levantador Marlon. Depois, com set point contra, Lipe pisou na linha de três no ataque. Por 25/21, o Sesi forçou o tie-break.

O set de desempate começou com o Rio de Janeiro errando muitos saques. Dos quatro primeiros pontos do Sesi, três foram em bolas que nem fizeram o time paulista jogar. Quando Theo errou um ataque, o time da casa abriu 6/3 e manteve a frente até 10/7. O Rio reagiu. Primeiro, com uma bola de cheque de Murilo. Depois, com um bloqueio de Riad que empatou (10/10) o tie-break.

A jogo ganhou ainda mais emoção. Aproveitando um bom saque de Tiago Barth, Wallace explorou o bloqueio e matou o contra ataque, fazendo 12/10 para o Sesi. Lucão, contudo, ainda brilharia para os visitantes. Primeiro, com um bloqueio em cima de Wallace que deixou o placar em 13/13. Depois, com um contra ataque que deu o primeiro match point ao time carioca. O Sesi se salvou uma vez, mas Lucão apareceu de novo no segundo ponto do jogo. Em um belíssimo rali, o meio de rede definiu o ponto no contra ataque e garantiu a vitória dos visitantes: 16/14.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.