Header Ads

>

Usiminas/Minas recebe Sollys/Nestlé e precisa da vitória para continuar na Superliga






Crédito: Orlando Bento
A Usiminas/Minas precisa superar o Sollys/Nestlé para continuar na Superliga 2011/12

A vitória é a única coisa que interessa para a Usiminas/Minas, nesta sexta-feira (30/3), pela Superliga Feminina de Vôlei 2011/12. Jogando diante de sua torcida, na Arena Vivo, a partir das 18h45, as minastenistas precisam vencer o Sollys/Nestlé para levar o play-off da semifinal para o terceiro e último jogo. O time paulista ganhou o primeiro duelo, no último sábado (24/3), em Osasco (SP), por 3 a 1, com parciais de 25/7, 25/20, 19/25 e 25/18. A partida terá transmissão ao vivo do Sportv.

O ingresso para o jogo custará R$ 8,00, com estudantes, crianças até 12 anos, maiores de 60 anos e sócios pagando a metade (R$ 4,00). O associado poderá adquirir seu ingresso também na bilheteria instalada no Piso 6 do CTJK (Minas I), que será aberta a partir das 17h15. O pagamento poderá ser em dinheiro ou debitado na fatura do condomínio. Os portões do ginásio minastenista serão abertos às 17h15.

O técnico da Usiminas/Minas, Jarbas Soares, acredita que a derrota na primeira partida pode ajudar a equipe. "O que tiramos de lição é que o time tem que ser mais ousado, tem que acreditar mais. O primeiro set lá em Osasco foi bastante atípico e, nos seguintes, conseguimos adotar uma postura melhor. Vimos que conseguimos e podemos ganhar delas, igual fizemos na fase de classificação. Em alguns momentos, precisamos ser mais ofensivos do que defensivos", analisou o treinador.

Com relação aos desfalques, Jarbas sabe que tem problemas e que a equipe terá que se readaptar à nova formação. "Ainda temos uma dúvida com relação à Mari Paraíba. Ontem, ela foi ao médico novamente e fez novo procedimento no joelho esquerdo. Vamos aguardar e estamos na expectativa. Ao longo da semana, testamos algumas formações, sem a Daymi e a Mari. Mas isso mexe bastante na estrutura da equipe, principalmente no passe. Trabalhamos, estudamos e temos que ver qual equipe vamos montar. O mais provável é que entrem Carla e Carol", completou.

Na primeira partida da semifinal, a Usiminas/Minas, que voltou a essa fase da competição após cinco anos, começou com Daymi, Claudinha, Carla, Fernanda Isis, Herrera, Natasha e a líbero Tássia. Flávia e Carol também participaram do jogo. A cubana Daymi recebeu seu terceiro cartão amarelo na Superliga.

Na outra semifinal, o Unilever saiu na frente na série melhor de três, vencendo o Vôlei Futuro, por 3 a 0 (25/17, 25/13 e 25/15). As equipes voltam a se enfrentar no sábado (31/3), às 10h, no Maracanãzinho, no Rio de Janeiro (RJ).

Vivo/Minas - Os torcedores minastenistas que estiverem na Arena Vivo para torcer pela Usiminas/Minas poderão acompanhar a partida entre Vivo/Minas e Cimed/Sky no telão do ginásio. Após às 20h45, será cobrado ingresso no valor de R$ 2 (inteira) e R$ 1 (meia). A Vivo, patrocinadora da equipe masculina, promoverá ações de interação com a torcida e irá distribuir brindes.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.