O bloqueio e seu treinamento






O bloqueio é um fundamento de caráter defensivo, tendo como principal objetivo interceptar a bola cortada pela equipe adversária, este fundamento passa a ser ofensivo quando consegue enviar a bola contra o solo da equipe oponente.

O bloqueio sofreu várias modificações ao longo da evolução das regras do voleibol, por sempre ser um fundamento que está em desvantagem ao fundamento de ataque. Devido a esta situação a partir de 1938 ficou liberado o bloqueio duplo, mesmo assim o bloqueio continuava em desvantagem, a partir de 1947 após a criação da Comissão das Leis de Jogo pela FIVB, foi permitido o bloqueio coletivo total, e para equilibrar ainda mais esta disputa, em 1964 foi permitido ao bloqueio a invasão do espaço aéreo do adversário e a recuperação da bola bloqueada em um segundo toque. Mesmo assim o percentual de bolas bloqueadas ou amortecidas fica em torno torno15%.

Tipos de Bloqueios:

Bloqueio Defensivo

Utilizado por jogadores que possuem um alcance inferior ao do atacante, as palmas das mãos são voltadas para cima e não invadem a quadra adversária e tem como principal função amortecer o ataque adversário, facilitando assim a recuperação da bola pela sua equipe.

Bloqueio Ofensivo

Utilizado por jogadores que possuem um alcance superior ao do ataque adversário, as palmas das mãos direcionadas para baixo invadem a quadra adversária e tem como principal função interceptar e enviar a bola ao solo da equipe oponente.

Quanto ao número de participantes:

- Individual ou simples (um jogador);

www.cbv.com.br 

- Duplo (dois jogadores);

www.cbv.com.br 

- Triplo (três jogadores).

www.cbv.com.br 

Quanto a movimentação (tipos de passadas):

- Passada lateral

Deve ser utilizada em deslocamentos curtos;

- Passada cruzada

Deve ser utilizada em deslocamentos longos, neste caso o grau de dificuldade é bem maior, pois o jogador terá que efetuar um giro no momento do salto para efetuar a marcação de frente para o ataque adversário;

- Passada mista

O jogador efetua o primeiro passo cruzando a passada e o segundo utilizando a passada lateral, desta forma facilitará ao jogador quanto a entrada de frente para a marcação do ataque adversário, deve ser utilizada em deslocamentos longos.

Fases do Bloqueio:

Fase Preparatória: em posição de expectativa, o jogador deverá estar com as pernas semi–flexionadas, pernas em afastamento lateral aproximadamente da largura do ombro, os braços estarão semi-flexionados , com as mãos na altura e a frente dos ombros (quando for para marcação de bolas curtas e de velocidade os braços deverão estar estendidos), o corpo deve estar ereto e o bloqueador não deverá perder de vista nem a bola nem o adversário.

Execução

Após fazer a análise do tipo de levantamento e características do atacante o bloqueador deverá executar o salto, estendendo as pernas e os braços simultaneamente em direção a bola, durante o salto o jogador deverá projetar o quadril um pouco para trás, por questões de equilíbrio (não deve se acentuar este movimento, senão o bloqueador perderá alcance).

Queda

A queda deve ser feita de forma equilibrada e sobre as duas pernas, neste momento acontecerá o amortecimento com a flexão das mesmas, a seguir o jogador deverá efetuar um giro para o lado em que a bola se dirigiu quando ela não foi retida, para que o mesmo não perca a atenção e possa dar continuidade a seqüência do jogo. A função do bloqueio é interceptar os ataques adversários protegendo uma área de sua quadra, as bolas que passarem por ele são de responsabilidade da defesa.

Principais erros dos bloqueadores:

- Uma grande abertura entre os braços;

- Sobrepasso antes do salto;

- Falta de equilíbrio;

- Abaixar o tronco no momento do salto;

- Palmas das mãos voltadas uma para outra;

- Saltar para depois invadir (sobre a rede);

- Primeira passada do deslocamento feita para trás.  

Aula 04

Espaço: quadra, pátio da escola ou qualquer espaço que facilite a execução da atividade  

Material: bolas de volei e cadeiras

Atividade I

O professor vai dividir a turma de frente para a rede de volei e os objetivos desta atividade são:

- Precisão do salto. Saltar e cair exatamente no mesmo lugar;

- Manutenção domesmo espaço entre o corpo e a rede no momento da impulsão, no ar e na queda;

- Manutenção do equilíbrio do corpo no ar;

- Ajustar a angulação dos braços em relação a rede. 

a) Os alunos divididos em duplas e de frente um para o outro e com os braços e as mãos na posição do bloqueio saltam e encostam suas mãos lá no alto depois de saltar. Esta atividade deve ser realizada primeiramente sem usar a rede e depois usando a rede;  

b) Os alunos de frente para a rede e com as mãos e os braços na posição de bloqueio saltam tentando passar as mãos por cima da rede e tentando passar a metade do antebraço por cima da rede ao saltar para fazer o bloqueio; 

c) Os alunos divididos em duplas e de frente um para o outro e um dos alunos com uma bola e o outro com os braços e as mãos na posição de bloqueio deve saltar e bloquear a bola depois que seu companheiro lançar a bola com as duas mãos em sua direção. Alternar os alunos na posição de jogar a bola e de bloquear. Esta atividade deve ser realizada sem usar a rede e depois usando a rede.

d) O professor escolherá quatro alunos para ficarem sobre quatro cadeiras e de frente para a rede e segurando uma bola cada um e do lado oposto da rede. A bola serve como uma motivação, como uma referência. Há necessidade de toca-la e não havendo problema caso algum aluno não consiga tocá-la. Os alunos divididos em quatro filas tentaram um de cada vez saltar na posição de bloqueio e tocar a bola.

Fonte: Portal do MEC

Compartilhe no Google +

About ADM VOLEIORG

This is a short description in the author block about the author. You edit it by entering text in the "Biographical Info" field in the user admin panel.
    Blogger Comment
    Facebook Comment

1 comentários :

  1. Ótimo,me ajudou muito! Mas acho que poderia ter um vídeo explicativo da aula,mas de resto,está tudo perfeito!

    ResponderExcluir