Header Ads

>

Saiba mais sobre Thiago Alves







Thiago Soares Alves (Porto Alegre, 26 de julho de 1986) é um jogador brasileiro de voleibol.

Thiago sempre gostou de esportes, algo que herdou dos pais. A mãe Iveth fez parte da seleção gaúcha de voleibol e Ricardo, o pai, foi jogador profissional de basquete. Antes de se dedicar profissionalmente ao voleibol ele se aventurou em futsal, futebol e judô.

Ainda na adolescência, conheceu amigos que, futuramente, também se tornariam famosos. "No primeiro Brasileiro, joguei ao lado do meio-de-rede Eder. No segundo, fui titular pela primeira vez e terminamos em quinto lugar. Nos três últimos anos, o central Lucão e o líbero Lukinhas jogaram comigo".

Tamanho era o talento que ele defendeu as seleções brasileiras nos quatro anos do ciclo na base. "Conquistei três títulos e um vice-campeonato. No infanto-juvenil fui campeão sul-americano (2002) e mundial (2003). No juvenil vencemos o Sul-Americano (2004), mas ficamos com a prata no Mundial (2005)", afirmou Thiago, que, apesar do vice mundial, recebeu os prêmios de melhor atacante e melhor jogador juvenil do mundo.

Foi ainda na base que Thiago Alves fez sua viagem mais marcante. "Antes do Mundial Infanto-Juvenil de 2003, disputamos amistosos pela Europa. Foi uma experiência inesquecível, pois conhecemos República Tcheca, Holanda e Espanha. Visitamos Igreja em Praga e outros pontos turísticos".

O treinador na época era Percy Oncken, por quem ele tem enorme gratidão. "No infanto-juvenil, o Percy me ajudou na formação de atleta. Pude sentir como é a rotina de um jogador profissional. Treinava diariamente em dois períodos na seleção brasileira, enquanto na seleção gaúcha era apenas um período e três vezes por semana".

Em 2004, ano de inauguração do CDV-Saquarema, Thiago Alves passou para a categoria juvenil, treinou pela primeira vez no local e logo percebeu a diferença. "De cara vi que é sob medida, muito bem cuidado e facilita a evolução do atleta. Todos aqui respiram voleibol. É primeiro mundo. Nos dois anos anteriores, no infanto-juvenil, íamos para o ginásio de van e carregando as bolas em um saco. Cada um comprava o seu sabão em pó e amaciante, e era responsável por lavar o próprio uniforme". O jogador comenta que, desde aquela época, sempre se preocupou em aprimorar a recepção. "Sempre treinei para melhorar em todos os fundamentos, principalmente recepção. Mas gostava mais de coletivo. Após a polida do treinador Marquinhos Lerbach na seleção brasileira juvenil, em 2004 fui integrado ao grupo profissional do Bento (RS) e amadureci bastante".



No Campeonato Mundial Juvenil de 2005, Thiago recebeu os prêmios de melhor atacante e melhor jogador juvenil do mundo.

Com 92 kg e 1,96 m de altura, Thiago foi campeão da Superliga 2010/2011 pelo SESI-SP. Na temporada 2011/2012 ele jogou no Panasonic Panthers, onde foi campeão da V-League (liga do Japão). Na temporada 2012/2013 Thiago acertou que retornará ao Brasil, onde defenderá o RJX.

Thiago participa da Seleção Brasileira de Voleibol Masculino e foi medalha de prata nas Olimpiadas de Londres 2012. Sua primeira partida como titular da Seleção Adulta foi no dia 14 de junho de 2009.








Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.