Header Ads

>

Ricardo/Cunha salva 4 match points e faz final com Solberg/Schmidt






Ricardo e Pedro Cunha têm dois títulos cada em Goiânia. Na temporada 2012/13, tentavam o primeiro troféu juntos para ampliarem o reino no cerrado. Com um primeiro set impecável e quatro match points, Bruno e Hevaldo quase derrubaram a dupla. O sangue frio e a experiência dos atletas olímpicos, porém, fez a diferença na reta decisiva. De virada, em parciais de 12/21, 25/23 e 15/8, os dois garantiram vaga na decisão contra Pedro Solberg e Bruno Schmidt. O SporTV transmite as finais a partir das 9h deste domingo.

Início arrasador de Bruno e Hevaldo

Bruno e Hevaldo partiram com tudo para cima de Ricardo e Pedro Cunha. Com jogo bastante agressivo, os dois abriram rapidamente vantagem sobre a dupla olímpica. Em uma bola de xeque errada do carioca, marcaram 7 a 2 e forçaram o pedido de tempo. A pausa surtiu pouco efeito, já que Hevaldo estava inspirado no bloqueio. Bruno, com habilidade, explorou os cantos da quadra com ataques na linha. Em uma cortada na rede de Pedro, a dupla fechou a primeira parcial em impressionantes 21/12.

Sangue frio e reação incrível dos 'olímpicos'

vôlei de praia Ricardo e Pedro Cunha (Foto: Helena Rebello / Globoesporte.com)

O segundo set começou ainda mais arrasador do que o primeiro. Hevaldo soltou o braço para abrir 4 a 0, levando os rivais a pedirem tempo novamente. Desta vez, a pausa surtiu efeito. Ricardo conseguiu se desvencilhar do bloqueio adversário, e Pedro Cunha cravou uma bola espirrada para confirmar a virada em 8 a 7.

Ricardo apareceu no bloqueio, mas teve resposta na mesma moeda com Hevaldo. Na reta decisiva, a dupla olímpica arrancou três pontos de vantagem com 19/16, mas permitiu o empate. Com sangue frio, Ricardo e Cunha salvaram quatro match points e levaram o jogo para o tie-break: 25/23.

Na parcial decisiva, Bruno e Hevaldo inauguraram o marcador, mas sofreram a virada. Ricardo, um paredão junto à rede, vibrava muito a cada ponto. Com dois bloqueios seguidos, o campeão olímpico em Atenas abriu quatro pontos para sua parceria (8 a 4). Com os adversários abatidos, Pedro Cunha também se aproveitou e deixou sua marca. Bruno salvou dois match points, mas foi parado pelo bloqueio de Ricardo no ponto final: 15/8.

Solberg/Schmidt vence Billy/Ferramenta

Na outra chave, Pedro Solberg e Bruno Schmidt superaram Billy e Bruno Schmidt em sets diretos, com parciais de 21/15 e 21/14. O carioca se destacou no bloqueio, enquanto o parceiro capixaba mostrou eficiência no saque, confundindo bastante a defesa adversária.

Tenha as melhores ofertas do Magazine Luiza: clique aqui!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.