Header Ads

>

Alison é o primeiro tri consecutivo do Rei da Praia






Podio rei da praia (Foto: Mauricio Kaye)

Alison nasceu em Vitória, no Espírito Santo. Mas se você não soubesse, poderia achar que o capixaba foi criado na Praia de Ipanema, no Rio de Janeiro. Ele parece especialmente confortável naquela faixa de areia carioca. Rei da Praia em 2011 e 2012, ele mostrou que não quer largar a coroa. Neste domingo, debaixo de um forte calor, ele fez uma partida difícil e quente para, ao lado de Bruno Schmidt, derrotar Ricardo/Harley no tie-break (21/17,18/21 e 15/8). Tornou-se o primeiro tricampeão consecutivo do torneio.

- É meu sétimo ano morando no Rio, vim para cá por causa da infraestrutura e devo muito ao Rio de Janeiro, a esse carinho do povo carioca que a cada 10m tem uma rede de vôlei, respira vôlei de praia. Me sinto o Rei da Praia do Brasil, porque são grandes jogadores de várias partes do país. Mas Ipanema realmente tem seu charme e já estou me adaptando ao Rio - disse o tricampeão.

O "capixaba-carioca" estava realmente quase em casa. Nas cadeiras, uma parte grande e barulhenta da torcida era para ele. Parentes e amigos com quem ele foi comemorar logo depois do último ponto do jogo.

- Era minha família de Vítória, meu amigos do Rio de Janeiro e de Vitória. Minha casa já não tem mais lugar para botar colchão, a casa de um amigo também já não tem mais lugar. E agora vamos comemorar. O pior de tudo é já entrar na quadra com essa pressão de "vai ter que ganhar". Eu falei que se ganhasse ia correr para a galera, mas a arquibancada estava muito alta e o pessoal quase caiu na "avalanche gremista".

Com melhor desempenho no primeiro dia, Alison teve o direito de escolher primeiro seu parceiro. Sem poder atuar com Emanuel, com quem costuma jogar, ele manteve o selecionado dos últimos dois anos: Bruno Schmidt. Ricardo, que não podia jogar com Pedro Cunha, optou por Harley.

As opções deram certo a princípio. Com os dois escolhidos aparecendo bem, a partida começou bastante equilibrada, e as duas duplas se alternaram na frente do placar. Aos poucos, porém, o atual bicampeão foi se soltando. Perdendo por 15/14, Ricardo desperdiçou uma oportunidade fácil, mandando para fora com a quadra aberta, e deu gás aos adversários. Alison começou a aparecer bem no bloqueio, colocou pressão no ataque rival e emendou uma sequência de seis pontos para abrir 19/14. Depois de acertar um ace, Harley errou o saque e o Mamute saiu em vantagem, fechando a parcial em 21/17.

O segundo set deu a impressão de que seria como o fim do anterior, com Alison/Bruno Schmidt abrindo 2/0 em erro de ataque de Harley. Mas a dupla adversária se recuperou rápido e abriu 10/7 em bloqueio de Ricardo. O jogo então se tornou uma perseguição de gato e rato. Precisando vencer para forçar o tie-break, Ricardo conseguiu abrir uma pequena vantagem, que era rapidamente tirada pelo rival.

As duas duplas mostravam muita vontade, mas Ricardo apareceu bem com um bloqueio e um grande saque para abrir 18/14 e praticamente definir a parcial. Alison e Bruno ainda ensaiaram uma reação, mas não evitaram que a partida fosse para o terceiro set com 21/18 para Ricardo/Harley.

A partida pegou fogo no set desempate. Depois de um começo equilibrado, Ricardo começou a mostrar muita irritação com a arbitragem e Alison/Bruno aproveitaram para abrir 12/6. Era questão de tempo. Com 15/8, Alison fechou o jogo e comemorou muito o tricampeonato.


Tenha as melhores ofertas do Magazine Luiza: clique aqui!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.