Header Ads

>

Pedro Cunha anuncia aposentadoria do vôlei de praia





Pedro Cunha comunicou nesta quarta-feira que se aposentará em março Foto: Getty Images Pedro Cunha comunicou nesta quarta-feira que se aposentará em março Foto: Getty Images

Um dos representantes brasileiros nos Jogos Olímpicos de Londres 2012, Pedro Cunha anunciou nesta quarta-feira a sua aposentadoria do vôlei de praia. Bicampeão nacional, o parceiro de Ricardo sucumbiu ao cansaço, às lesões e à falta de patrocinadores e disputará em Maceió (AL), entre os dias 15 e 17 de março, a sua última etapa do circuito brasileiro.

"Era algo que já vinha pensando neste início de ano. Muitas coisas influenciaram: o cansaço, o desgaste de muitas viagens, a saudade da família, a falta de apoio, de patrocinadores. Nos últimos anos tive lesões sérias, contusões que me atrapalharam muito e foi tudo muito sacrificante para mim, para minha equipe, mas consegui superar. Não tenho mais aquele prazer de entrar em quadra, de treinar, de competir, por mais que me force a isso, e esse é o problema. Está difícil me motivar e, para mim, esse é o sinal de que está na hora de repensar algumas coisas", confessou o atleta.

Apesar de desmotivado, Pedro Cunha destacou a importância do vôlei de praia em sua vida. Ele disse que, mesmo com os problemas sofridos durante a carreira e com a certeza da decisão tomada, irá sentir saudades de jogar.

"Não posso reclamar do vôlei de praia. Pelo contrário, sou grato ao esporte. Conheci o mundo, fiz amizades e vou sentir saudade, claro que vou. É uma decisão pessoal, só eu sei o quanto está sendo difícil esse momento, mas foi algo muito pensado. Estou bem tranquilo em relação a isso e agora eu quero ser uma pessoa comum, ter finais de semana com a minha família, viajar a passeio e ir à praia como lazer", acrescentou.

Segundo colocado no ranking nacional, Pedro Cunha era um dos candidatos a disputar os Jogos Olímpicos do Rio 2016, principalmente pela boa campanha com Ricardo em Londres 2012, quando foram a quinta melhor dupla.

Pensei muito nessa possibilidade de disputar os Jogos de 2016, mas não sei se chegaria até lá

"Quero agradecer ao Ricardo, ao lado de quem joguei o último ano e meio. Aprendi muito com ele, que entendeu o que estou passando nesse momento. Foi um período maravilhoso, no qual disputamos os Jogos de Londres. A Olimpíada é fascinante, foi um sonho que realizei. Pensei muito nessa possibilidade de disputar os Jogos de 2016, mas não sei se chegaria até lá. Vou estar na arquibancada, comemorando os pontos das duplas brasileiras", concluiu.

Surpreendido, Ricardo entendeu os motivos do parceiro em decidir pela aposentadoria. Além de querer aproveitar o último torneio ao lado de Pedro Cunha, o campeão olímpico de Atenas 2004 preocupa-se em encontrar um novo companheiro para a disputa da última etapa do Circuito Nacional, em Brasília, do Circuito e do Campeonato Mundial. A decisão deve ser anunciada após conversa com a comissão técnica da Seleção Brasileira.

Não esperava por isso. O Pedro Cunha é um dos grandes jogadores que temos no vôlei de praia. Fico chateado porque o esporte perde um jogador talentoso, um atleta de qualidade e experiente

"Não esperava por isso. O Pedro é um dos grandes jogadores que temos no vôlei de praia, nossa parceria estava muito sólida, um time forte, mas conversamos e entendo tudo o que ele me falou. Fico chateado porque o esporte perde um jogador talentoso, um atleta de qualidade e experiente. Espero que ele tenha o mesmo sucesso no caminho que for seguir agora", disse.

Em sua carreira, Pedro Cunha chegou a 67 pódios em 222 torneios disputados, sendo 27 títulos - 20 no Circuito Brasileiro, seis no Circuito Mundial e um Challenger. Ao todo, acumulou 738 vitórias. Ao lado de Ricardo foram quatro títulos no nacional e outros quatro no Mundial.

Tenha as melhores ofertas do Magazine Luiza: clique aqui!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.