Header Ads

>

RJX dá troco e vence Canoas em casa






O público não lotava o ginásio do Maracanãzinho. Talvez por conta da chuva ou, quem sabe, pelas obras no entorno do Complexo do Maracanã. Mas quem veio ao jogo entre Rio de Janeiro e Canoas viu uma partida disputada e recheada de bons momentos. O time da casa saiu vitorioso, por 3 sets a 0, parciais de 25/22, 25/21 e 28/26, e deu o troco nos gaúchos, que venceram no primeiro turno, pelo mesmo placar.

O experiente meio de rede Gustavo, de 37 anos, liderava o Canoas. Mas, do lado Rio, ajudados por Lucão, Bruninho e Dante, Da Silva, Theo e Riad brilhavam. O primeiro saiu de quadra eleito o melhor da vitória, ao som de "Tchau e Bença", do Exaltasamba. Os outros dois animaram a torcida. O funk "Créu", vinheta do oposto, e o "Passinho do volante (Ah, lelek, lek...)", do meio de rede, tocavam a todo instante no ginásio, já que os dois se destacaram marcando pontos.

Jogadores do Rio comemoram contra o Canoas (Foto: Alexandre Loureiro/INOVAFOTO)

Com a vitória, o Rio de Janeiro segue líder absoluto, com 50 pontos, sendo 17 vitórias em 21 jogos e apenas quatro derrotas. A equipe volta à quadra neste sábado, às 21h30m (de Brasília), contra o Florianópolis, novamente no Maracanãzinho, pela última partida antes dos playoffs. Já o Canoas encara o Juiz de Fora, na cidade mineira, no mesmo dia e horário.

O jogo

O primeiro set comprovou a força das duas equipes. O jogo foi duro, sem grandes vantagens, mas com o Rio de Janeiro mais tempo na frente. Riad começou marcando em quebra de saque do Canoas, que devolveu em seguida. O time da casa aumentou vencendo o bloqueio de Gustavo. Mas Thiago Alves errou o saque.

Com o placar empatado, o Rio usou a força do bloqueio de Lucão, Bruninho e Dante para voltar à dianteira. Além deles, Theo e Riad atacavam bem. Pelo Canoas, destaque para Gustavo e Diego. O Rio fechou a primeira etapa em 25 a 22.

Segundo set: Canoas entra agressivo, mas Rio vira

Bruninho comemora durante vitória do Rio (Foto: Alexandre Loureiro/INOVAFOTO)B

O segundo set começou na mesma pegada. Só que, desta vez, o Canoas estava mais agressivo. Com a boa atuação de Theo, o Rio começou em vantagem de apenas um ponto, e o placar foi alternando. Os visitantes, sob comando de Gustavo, passaram na frente e abriram 19  a 16. A equipe da casa errava um pouco. Bruninho pedia calma, e Fronckowiak pediu parada técnica.

Foi aí que a torcida, empurrada pelos animadores, começou a vaiar o Canoas com vontade. E forçaram o erro de saque do veterano do time gaúcho. Após levantada de Bruninho, Theo botou a bola no chão. Os ânimos se acalmaram no Rio, que empatou e passou à frente. Com muita raça, Riad brilhava no bloqueio e comemorava cada ponto como se fosse um título. A parcial terminou 25 a 21.

No terceiro set, Rio sofre, mas vence

O Canoas não queria mesmo deixar o Rio sair com a vitória, e chegou a abrir 18 a 14. Mesmo fora de casa, Gustavo foi aplaudido, por conta de sua história na seleção brasileira, e continou bem. Bosco, que não foi substituído, e Xanxa, também.

Mas, como uma reprise da segunda etapa, o técnico Frockowiacki chamou os cariocas para a parada técnica e ajustou os erros. O final foi empolgante. A partida ficou empatada em 24 a 24, depois foi alternando, até que o Rio fechou em 28 a 26, com Lucão sacando, a bola batendo na rede e caindo.


Tenha as melhores ofertas do Magazine Luiza: clique aqui!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.