Header Ads

>

Sollys/Nestlé passa fácil por Minas e decide 1° lugar em clássico com Unilever





Sheilla comemora ponto do Sollys/Nestlé
Sheilla comemora ponto do Sollys/Nestlé

De novo, ficou para a última rodada. Assim como na temporada passada, a primeira fase da Superliga feminina de vôlei terminará com uma 'final' antecipada entre os dois maiores campeões, Osasco e Rio de Janeiro, decidindo quem avança para as quartas de final com o primeiro lugar. O Sollys/Nestlé fez a sua parte e, nesta terça-feira, mesmo jogando fora de casa, derrotou o Minas por 3 sets a 0 (parciais de 25-20, 25-19 e 25-19), garantindo mais três pontos na tabela e adiando a definição da liderança para a última rodada.

Com essa vitória, o atual campeão da Superliga chegou a 42  pontos, enquanto a grande rival e atual líder Unilever tem 44. Na próxima sexta-feira, um duelo direto entre as duas equipes definirá quem seguirá para a fase mata-mata em primeiro lugar. O Sollys/Nestlé tem a ligeira vantagem de jogar em casa, no ginásio José Liberatti, em Osasco.

A penúltima rodada desta primeira fase da Superliga feminina começou já com todas as equipes definidas para as quartas de final, mas podendo ser determinante para definir os confrontos do primeiro mata-mata. O Sollys/Nestlé, então, aproveitou o 'vacilo' da líder Unilever - que, vencendo o Sesi por 3 a 2, deixou de somar um ponto na tabela - para encostar na primeira colocada e apimentar ainda mais o clássico de sexta-feira.

Vencendo o Minas sem grandes dificuldades fora de casa, o time de Osasco consolida uma campanha com apenas três derrotas, enquanto o time mineiro faz um campeonato irregular, conquistando apenas a sétima colocação, com 19 pontos somados até aqui.

Tenha as melhores ofertas do Magazine Luiza: clique aqui!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.