Publicidade

Header Ads

Fofão vê equilíbrio contra o Sesi na semifinal da Superliga


Se muitos atletas mais experientes reclamam de dores, dizem que o corpo não acompanha mais o raciocínio ou são poupados de jogos pela comissão técnica, uma certa levantadora não faz parte desta lista. O que Fofão mais quer é suar a camisa. Para ela, a idade não pesa. A jogadora do Rio de Janeiro completa 43 anos neste domingo, mas diz que o fato só a motiva a seguir fazendo seu trabalho. Aposentadoria? Por enquanto, ela garante que não pensa nisso.

vôlei Fofão Rio de Janeiro (Foto: Pedro De Souza / Adorofoto)

Fofão tem mais um desafio à vista antes de completar os 43 anos: a primeira partida da série semifinal da Superliga feminina, contra o Sesi-SP, nesta sexta-feira, às 21h (de Brasília), na Vila Leopoldina, em São Paulo, com transmissão do SporTV. O segundo será no Maracanãzinho, no sábado, dia 16 de março, às 10h, e será exibido pela TV Globo.

- Agora fica difícil, porque só se classificaram as melhores equipes. Falar em favoritismo em uma fase como essa é complicado. Vamos encarar o Sesi-SP, que é uma equipe muito forte. Vai ser muito equilibrado. Mas tomara que passe um aniversário tranquilo, com uma vitória (risos) - brincou.

Além de Rio de Janeiro x Sesi, a outra semifinal tem Campinas x Osasco. O primeiro confronto será no ginásio José Liberatti, em São Paulo, no sábado, às 10h (de Brasília), com transmissão da TV Globo. Já o jogo de volta será em Campinas, na sexta-feira, 15 de março, às 21h, com exibição do SporTV.




Postar um comentário

0 Comentários