Publicidade

Header Ads

Sheilla deve trocar o Osasco pelo Sesi-SP na próxima temporada


Volei - treino Osasco Sheilla (Foto: Eliária Andrade/Agência O Globo)

Vice-campeã da Superliga feminina com o Osasco, Sheilla deve seguir outro caminho na próxima edição da competição. A oposto tem negociações avançadas para defender o Sesi-SP a partir da próxima temporada. Após a derrota para o Rio de Janeiro na final de domingo, a jogadora afirmou que não conversou com outras equipes. Fontes do GLOBOESPORTE.COM, no entanto, confirmam que a bicampeã olímpica deverá mudar de ares para a próxima competição.

Sheilla já está apalavrada com a equipe da capital para a próxima Superliga. O acerto oficial deverá sair após a divulgação do ranking das jogadoras para a nova temporada. A oposto, no entanto, nega o acordo.

- Não sei por que estão falando (da mudança para o Sesi-SP). Eu não comecei negociação, o Sesi não começou negociação, o Osasco não começou negociação. Tudo depende do ranking e da pontuação – afirmou.

A Confederação Brasileira de Vôlei (CBV) deve divulgar nesta segunda-feira o ranking para a próxima temporada. Cada equipe pode contar com apenas três jogadoras de nível máximo (sete). Na atual temporada, o Osasco tem Sheilla, Jaqueline e Thaisa nessas condições no elenco. Na nova lista, no entanto, Adenízia e Fernanda Garay, campeãs olímpicas, passarão a ter pontuação máxima. Assim, duas jogadoras teriam de deixar a equipe.

Depois da final, Sheilla lamentou a virada contra o Rio. A oposto, no entanto, ressaltou a boa temporada do Osasco, com o título do Mundial e do Campeonato Paulista.             

- Acho que é a primeira vez que eu saio com a derrota e com o grupo ainda unido. É um ponto positivo. Lógico, ninguém gosta de perder. É um grupo muito vencedor, ganhamos quase tudo o que disputamos esse ano, mas não conseguimos sair com essa vitória. Mas saímos de cabeça erguida.




Postar um comentário

0 Comentários