Publicidade

Header Ads

Unilever faz virada histórica sobre Sollys é octa da Superliga



Na base da superação, o Unilever foi de dominado a dominador neste domingo até alcançar o auge. Jogando no Ginásio do Ibirapuera, em São Paulo, o time do Rio de Janeiro ficou com 2 a 0 atrás no placar contra o Sollys Nestlé, mas se recuperou e venceu três sets seguidos para conquistar seu oitavo título da Superliga feminina de vôlei, restabelecendo o domínio sobre seu arquirrival com parciais de 22/25, 19/25, 25/20, 25/15 e 15/9.
Foi a sexta vez que o Unilever venceu o Sollys Nestlé na final da Superliga feminina –as equipes decidiram a competição as últimas nove edições. Além de aumentar a vantagem no confronto direto, a equipe comandada por Bernardinho impediu que o rival de Osasco conseguisse seu primeiro bicampeonato nessa série – o Unilever, por sua vez, já chegou a ser campeão quatro vezes seguidas.
Em quadra, a equipe esteve apagada e dominada nos dois primeiros sets, previsível e incapaz de vencer a forte defesa paulista. A partir da terceira parcial começou a reação: a canadense Sarah Pavan começou a se destacar, com Gabi e Natália ajudando na reação e a levantadora Fofão mais inspirada, incendiando o ginásio do Ibirapuera, que teve ingressos esgotados e animação ao estilo das grandes finais de esportes americanos.


Postar um comentário

0 Comentários