Publicidade

Header Ads

Bernardinho quer Brasil melhor no 2º confronto contra Polônia


A vitória na estreia da Liga Mundial sobre a Polônia , atual campeã, deixou os jogadores da seleção brasileira satisfeitos, mas o técnico Bernardinho não se deu ao luxo de comemorar. Perfeccionista, o treinador saiu do primeiro jogo já preocupado com o segundo confronto com a equipe comandada pelo italiano Andrea Anastasi,.

Superior em quadra durante quase toda a partida – a exceção foi o terceiro set, quando os poloneses evitaram o triunfo verde-amarelo por 3 a 0 -, o Brasil demonstrou segurança no passe e bom volume de jogo. O temor de Bernardinho é que, para dar o troco neste domingo, a Polônia force mais o saque, complicando a recepção brasileira e favorecendo o bloqueio dos anfitriões.

- No primeiro jogo, conseguimos ter um bom aproveitamento na virada de bola. O Bruno jogou bastante tempo com a bola na mão e conseguiu usar bem os atacantes, mas sabemos que temos que melhorar para a segunda partida. Com certeza, a Polônia irá nos pressionar mais na questão saque e bloqueio. Nossa intenção é também crescer e tentar fazer melhor no segundo jogo aqui na Polônia.
Éder vôlei Brasil contra Polônia (Foto: EFE)

Maior pontuador na sexta-feira, Lucarelli espera repetir o bom desempenho neste segundo duelo. Para o jovem atleta, que defenderá o Sesi-SP na próxima temporada da Superliga, o mais importante será manter o foco em todos os lances para evitar qualquer deslize.

- O nosso grupo se entrosou muito rápido, tanto dentro, como fora de quadra. Isso é muito positivo nesse início de ciclo. Mas sabemos do poder da Polônia e não podemos perder a atenção em nenhum momento. Eles têm um time muito bom e eu espero poder colaborar com a seleção novamente a buscar a vitória – disse o ponteiro.
O Brasil deve começar jogando com Bruninho, Lucarelli, Dante, Lucão, Éder e Vissotto. Líbero - Mário Jr.


Postar um comentário

0 Comentários