Publicidade

Header Ads

Jaqueline aguarda destino de Murilo


Com a contratação da sérvia, o Sollys/Osasco está pronto para a disputa da próxima Superliga - o time manteve sua base e se reforçou também com a ponteira italiana Caterina Bosetti. Capitã da equipe, Jaqueline ainda não renovou com o Osasco por causa da situação familiar que vive. Benê, porém, diz que as portas do time estarão sempre abertas para ela.

- A Jaqueline vai se dedicar à família, está praticamente decidido isso. O problema não é a parte financeira, é mesmo uma questão familiar. Ela quer apoiar o marido Murilo, que passou por uma cirurgia e ainda está sem clube. Estamos conversando com ela há quase um mês e meio. A porta nunca está fechada para a Jaqueline, é nossa capitã - disse Benê.

Caso Jaqueline não renove com o Osasco, o time não buscará outra ponteira para o seu lugar, uma vez que a italiana Bosetti também é uma boa defensora.



Postar um comentário

0 Comentários