Header Ads

>

Unilever vence Brasília e continua na cola do Molico/Osasco







A Unilever (RJ)  venceu o Brasília Vôlei (DF) por 3 sets a 1 (21/18, 22/24, 21/13 e 21/11) na partida disputada no ginásio do Tijuca Tênis Clube, no Rio de Janeiro, e válida pela décima rodada do turno da Superliga Feminina de Vôlei 13/14.

Principal responsável por conduzir o time dentro de quadra, a levantadora Fofão, também do time vencedor, foi eleita a melhor do jogo e recebeu o Troféu VivaVôlei. A ponteira sérvia Mihajlovic, da Unilever, foi a maior pontuadora do jogo, com 18 acertos.

O Brasília Vôlei abriu o placar no erro da Unilever. Depois de um bom saque da ponteira Mohajlovic, a equipe carioca empatou em 2/2. O time de Brasília fez 4/2. Na terceira tentativa de ataque, a Unilever pontuou, com Gabi, e diminuiu a vantagem adversária: 4/5. A equipe da casa assumiu o comando do placar em 8/7. A Unilever seguiu na frente e, no bloqueio de Juciely, fez 14/11. O time do Rio de Janeiro seguiu em vantagem (18/15). Com a canadense Sarah, a Unilever fechou em 21/18.

A equipe carioca começou com tudo no segundo set. Em boa passagem da levantadora Fofão no saque, a Unilever fez 2/0. As donas da casa abriram 4/1 e o técnico do Brasília, Sérgio Negrão, pediu tempo. A equipe de Brasília melhorou e chegou ao empate em sete pontos. Com Fofão no saque, a Unilever voltou a abrir e marcou 11/8. No ace de Paula Pequeno, o Brasília Vôlei encostou no placar (16/17) e, no bloqueio, a equipe visitante empatou em 17/17. O final do set foi equilibrado. Depois de bom saque, o Brasília Vôlei teve vantagem em 22/21. No final, vitória do time de Brasília por 24/22.

Assim como no segundo set, a Unilever abriu o terceiro imprimindo ritmo forte: 3/0. Mas o Brasília Vôlei reagiu e, quando encostou em 5/6, o time da casa pediu tempo. A equipe carioca, então, voltou a pontuar bem e abriu cinco de vantagem: 13/8. A diferença no marcador aumentou para 17/10. No set mais tranqüilo até então, a Unilever fechou em 21/13.

Mais uma vez o time da casa saiu melhor no início da parcial e, desta vez, abriu 4/1. Neste momento, o Brasília Vôlei pediu tempo. A conversa do técnico Sérgio Negrão não deu resultado e, em grande passagem da sérvia Mihajlovis no saque, a Unilever ainda abriu 10/1. O Brasília Vôlei buscou uma reação, diminuindo a diferença (13/7), mas, com a boa vantagem, o time da casa fechou em 21/11.

Na próxima rodada, a Unilever terá um difícil duelo contra o Vôlei Amil (SP), que está em terceiro lugar na tabela de classificação. A partida será na TERÇA-FEIRA (17.12), às 21h, no ginásio do Maracanãzinho, no Rio de Janeiro (RJ), com transmissão ao vivo do canal SporTV. Já o Brasília Vôlei estará em casa para receber o Sesi-SP. O jogo será no mesmo dia, às 20h, no Sesi Taguatinga.

Tenha as melhores ofertas do Magazine Luiza: clique aqui!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.