Header Ads

>

5 motivos para acompanhar o Mundial de Vôlei Masculino





Vai começar o Mundial de Volei Masculino de 2014, que será disputado na Polônia. O Brasil, tri-campeão e que tem uma equipe muito competitiva para conseguir o tetra inédito, é um dos favoritos e tenta um título um ciclo que vem com vices campeonatos demais para quem se acostumou a vencer.  

Veja aí motivo para você assistir esse mundial

1)  Primeira partida em estádio aberto
 

 

O jogo inaugural do Mundial de Vôlei, neste sábado, será um espetáculo à parte. A dona da casa Polônia vai enfrentar a Sérvia em um estádio de futebol: o Nacional de Varsóvia, construído para a Eurocopa de 2012, passará por adaptações e terá uma quadra instalada em seu centro. Com capacidade para 62 mil pessoas, a arena abrigará algo raramente visto no vôlei de quadra: um jogo a céu aberto. Se chover, também não tem problema, já que o estádio possui teto retrátil.

2) A toricda da Polonia é um show a parte

A torcida polonesa é fanática por esportes, especialmente vôlei, e vai lotar os ginásios da competição. O fervor das arquibancadas é garantido para todas as partidas, que não vão ficar sem emoção por falta de empenho dos barulhentos fãs poloneses. Além disso, as mulheres do Leste Europeu são outro atrativo para quem gosta de apreciar a beleza também fora das quadras.

3) Temos chance de título

É sempre mais legal acompanhar um campeonato que temos chances reais de titulo. E no volei é assim. A equipe comandada por Bernardinho luta por um inédito quarto título consecutivo do Mundial. A Seleção é uma das grandes favoritas para a conquista, apesar dos adversários de peso, e a torcida tem boas chances de vibrar com as jogadas dos brasileiros até a final.

Foto:

4) Vai ter disputa boa do título

Embora o Brasil seja favorito, não é o único. E tem tanta seleção boa com craques de bola que vai ter muita disputa e jogos emocionante. Para quem gosta de voleibol, é uma ótima pedida!  A Rússia, por exemplo, está no mesmo patamar da Seleção e deve protagonizar uma rivalidade quente com os comandados de Bernardinho na competição. Times como Itália e Estados Unidos também são muito fortes e podem brigar pelo título, além de surpresas como o Irã, que foi a sensação da última Liga Mundial.

5) Os jogos finais serão épicos

A disparidade técnica entre os times na primeira fase deve ser grande, com a maioria das seleções não tendo condições de competir com os principais favoritos. A fórmula de disputa também não ajuda, com partidas em excesso nas duas fases de grupos até que se conheçam os semifinalistas. Mas o nível das fases finais promete ser altíssimo, mas até o campeonato "engrenar" deve levar um tempo.  Isso também ajuda a manter vivo o fantasma da "entregada", quando seleções já classificadas perdem jogos de propósito para fugir de oponentes mais fortes na etapa seguinte.

Preparados? O Brasil estreia contra a Alemanha, no dia 1º de setembro. E, aposto, vai ter um lindo desempenho denntro de quadra.

Vamos torcer? :D

Tenha as melhores ofertas do Magazine Luiza: clique aqui!

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.