Header Ads

>

Brasil atropela Bulgária na estreia no Mundial Feminino






A Seleção Brasileira de vôlei feminino venceu a estreia no Mundial da Itália diante da Bulgária, na tarde desta terça-feira, por 3 sets a 0 (25/19, 25/22 e 25/16). No primeiro set, as brasileiras venceram com facilidade, mas no segundo, a Bulgária chegou a esboçar uma reação, impedida pelo bloqueio brasileiro e pelos próprios erros das adversárias. Mas no último set, as búlgaras não tiveram chance e o Brasil atropelou, confirmando a vitória na estreia.

O próximo compromisso do Brasil na competição será nesta quarta, às 11:45 (de Brasília), contra Camarões.

O jogo - O Brasil começou com Thaisa, Jaque, Dani Lins, Sheila, Fe Garay e Camila Brait em quadra. No primeiro set, as brasileiras não tomaram conhecimento das adversárias e venceram tranquilamente, aproveitando os erros da Búlgaria, principalmente de Filipova. Fabiana sacou em cima de Vasilena fez um ace em momento decisivo (7 a 4). Na sequência, a Bulgária atacou para fora e a equipe verde-amarela chegou ao primeiro tempo técnico à frente no marcador (8 a 4).

Com boa atuação ofensiva de Sheilla, cravando a bola no chão, o Brasil se manteve na frente com larga vantagem durante todo o set (13 a 7). Jaque atacava firme da ponta (19 a 13) e a Seleção não teve problemas. Com erro de saque de Rabahzieva, o Brasil fechou o primeiro set em 25 a 19.

O segundo set foi um pouco mais equilibrado. As brasileiras novamente largaram na frente no início da parcial, mas as búlgaras não deixavam as bicampeãs olímpicas se distanciarem no marcador. Jaque atacou para fora e deixou tudo igual (8 a 8), mas logo fez dois bloqueios seguidos e virou o jogo (11 a 9). Sheilla atacou do meio e o Brasil (14 a 12), mas com Rabadzhieva atacando no fundo, a Bulgária tornou a encostar (14 a 13). Com ataque e ace de Fê Garay, o Brasil saiu na frente no segundo tempo técnico (16 a 13).

As búlgaras empataram novamente (18 a 18), mas colada na rede, Jaque venceu o bloqueio (19 a 18). Vasileva mandou diagonal indefensável (19 a 19) e com erro de Thaísa, as adversárias viraram a partida (20 a 19). Com erro de saque búlgaro, ficou tudo igual novamente. (20 a 20). Sheilla mandou na diagonal e Rabadzhieva devolveu a gentileza (21 a 21). Fê Garay ficou no bloqueio Ruseva, mas Sheilla, no corredor, voltou a empatar (22 a 22).

publicidade

Fabiana colocou a bola no fundo da quadra e o Brasil voltou a ficar na frente (23 a 22), obrigando o técnico búlgaro a pedir tempo. Sheila sacou bem, Kitipova atacou para fora e deixou a Seleção a um ponto de fechar o set. Fabiana apareceu novamente, atacou na diagonal e o Brasil fechou o segundo set em 25 a 22.

Depois do sufoco, o terceiro set foi tranquilo para o Brasil. A Bulgária abriu o placar e as brasileiras empataram, mas com erro de ataque de Filipova, o Brasil virou. Thaísa foi para o saque e acertou dois aces, mas errou um saque (5 a 2). Sheilla e Fê Garay colocaram a bola no chão e aumentaram a vantagem (7 a 2).

O Brasil se manteve na frente, mas com sequência de aces de Dimitrova e largadinha de Vasileva, a Bulgária se aproximou no placar (11 a 8). Explorando tanto os erros quanto o bloqueio adversário, Sheilla e Fabi cravavam a bola no chão (16 a 10). Jaque variava entre ataques firmes e largadinha e assim, o Brasil foi confirmando a vitória. Com ataque em cima de Filipova, Thaísa fechou o set em 25 a 16.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.