Header Ads

>

Brasil dá sorte e escapa de grupo da morte no Mundial




Se há duas semanas, no Campeonato Mundial masculino de Vôlei, a Seleção Brasileira deu um tremendo azar e caiu no chamado grupo da morte após sorteio para a realização da terceira fase do torneio (ao lado de Rússia e Polônia), a equipe nacional feminina enfim contou com a sorte. Em evento realizado na manhã desta segunda-feira, na Itália, a FIVB sorteou as chaves da competição das mulheres e definiu que o Brasil pegará dois adversários mais frágeis na luta por vagas às semifinais – poderia, por exemplo, cair em um grupo com os gigantes Estados Unidos e Rússia.

A randomização colocou as comandas de José Roberto Guimarães no Grupo H, ao lado de China e República Dominicana. Do outro lado da chave, no Grupo G, Itália, EUA e Rússia prometem protagonizar muito equilíbrio. O "grupo da morte" soma sete títulos mundiais (seis da Rússia e um da Itália), enquanto o brasileiro tem apenas duas conquistas (ambas da China). A Seleção verde e amarela busca faturar a sua primeira taça na principal competição do vôlei feminino e vem de dois vice-campeonatos consecutivos (após duas derrotas para as russas).

A estreia brasileira na terceira fase, que divide seis seleções em dois triangulares e colocará nas semifinais as duas melhores colocadas de cada grupo, acontecerá nesta quarta-feira, às 15h (de Brasília), diante da China, em Milão. Somente dois dias depois, na sexta-feira, também às 15h, é que o Brasil voltará à quadra para pegar a República Dominicana, na mesma cidade.

Até aqui, o time verde e amarelo é o único invicto do Campeonato Mundial: jogou nove vezes e triunfou em todas. Os futuros adversários, porém, ainda não foram enfrentados pela equipe nacional, que chegou a superar as potências EUA, Rússia e Sérvia em sua trajetória na Itália. A campanha da China até o momento é de oito vitórias e uma derrota (para a Itália), enquanto a da República Dominicana é de sete triunfos e dois tropeços (para China e Japão).

Confira como ficou a 3ª fase do Mundial feminino de Vôlei:
Grupo G   Grupo H
Itália   Brasil
EUA   China
Rússia   República Dominicana

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.