Header Ads

>

Larissa e Talita chegam ao 40º jogo invictas e avançam





As três duplas brasileiras que disputam a chave feminina do Open de Paraná, etapa argentina do Circuito Mundial de Vôlei de Praia, seguem invictas na competição. Nesta quinta-feira, cada uma delas venceu um jogo para garantir a classificação direta para as oitavas de final do torneio, eliminando a necessidade de jogar a repescagem.

No mesmo dia em que a última derrota completou três meses, Talita e Larissa venceram as italianas Momoli e Giombini, por 2 sets a 0, com parciais de 21/13 e 21/18, e chegaram ao 40.º jogo seguido de invencibilidade. No período, elas ganharam três etapas de Grand Slam no Circuito Mundial e três Opens no Circuito Brasileiro.

"A cada etapa que vamos passando esse número cresce, mas não ficamos pensando nisso. É resultado do que estamos apresentando dentro de quadra, da dedicação aos treinos. Claro que é bom ver que estamos no caminho certo, mas sabemos que precisamos manter os pés no chão a cada partida que disputamos", comentou Talita.

Maria Clara e Carol também tiveram um dia tranquilo, vencendo as canadenses Victoria Altomare e Julie Gordon por 2 sets a 0 (21/14 e 21/16), chegando às oitavas. "Pegamos uma chave boa, foi bom ganhar os três jogos e passar em primeiro lugar no grupo. Nesse calor e umidade que estamos encarando, pular uma fase é muito importante", disse Maria Clara.

Até aqui, a única dupla que tem tido trabalho é Lili/Rebecca, que joga só pela segunda vez uma etapa do Circuito Mundial na temporada. Mas elas também têm três vitórias. Nesta sexta, ganharam das norte-americanas Amanda Dowdy e Sarah Day por 2 sets a 1 (19/21, 21/18, 23/21), em 58 minutos, e confirmaram a liderança do Grupo G.

HOMENS - A chave masculina em paraná teve seus primeiros jogos nesta quinta-feira. Pelo Grupo G, os garotos Alisson e Guto tiveram uma vitória e uma derrota. A dupla campeã mundial sub-21 no ano passado perdeu por 2 sets a 1 (19/21, 21/15 e 11/15) para Crabb/Roberts, dos EUA, e se recuperou vencendo Gonzalez/Varela, do Uruguai, com duplo 21/12.

Pelo Grupo C, os veteranos Bruno e Hevaldo, respectivamente de 35 e 36 anos, aproveitaram bem a chance de voltar ao Circuito Mundial. Eles aproveitaram o fato de jogar contra rivais fracos e venceram Fañe/El Chinó (Venezuela) por 2 a 0 (26/24 e 21/14) e Yacob/Leon (Argentina), com duplo 21/13.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.