Header Ads

>

Taubaté vence Sesi-SP e fatura o inédito título do Paulista




Sem tempo para comemorar ou lamentar, Taubaté e Sesi já estreiam pela Superliga na próxima semana. Na quarta-feira, 29, os paulistanos visitam o Monte Claros, em Minas, às 19h30. No mesmo dia, mas às 20h, o Taubaté receberá Minas, no Abaeté.
Os quatro pontos seguidos logo no início da partida incendiaram o ginásio do Vôlei Taubaté. Responsável por um ace e três saques seguidos que foram mal recebidos pelos paulistanos, Lipe colocou os donos da casa com 4 a 0 de frente. A sequência negativa fez com que o Sesi se retraísse. A equipe errava muito e tinha dificuldades para vencer o bloqueio taubateano. Apesar dos vários pedidos de tempo de Marcos Pacheco, o Taubaté faturou o primeiro set sem muitas dificuldades por 25 a 16.
Vôlei Taubaté Sesi final Campeonato Paulista (Foto: Filipe Rodrigues)
O segundo set começou mais equilibrado. Liderado por Lucarelli, o Sesi liderou o marcador até a primeira metade da parcial. Apesar de atrás, o Vôlei Taubaté não deixou os adversários abrirem distância. A virada veio um pouco antes do segundo tempo técnica, com uma sequência de pontos, enquanto Dante estava no saque. A distância que Taubaté abriu desanimou o Sesi, que reduziu o ímpeto e foi derrotado por 25 a 17.
Com 3 a 0 de cara logo na terceira parcial, o Sesi mostrou evolução. Mas o tempo pedido por Cézar Douglas arrumou a casa taubateana, que não demorou a empatar e novamente assumir a frente do placar. As equipes se alternaram na liderança até o fim do set, quando Sesi conseguiu abrir 26 a 24 e fechar a parcial.
A vitória sofrida na terceira parcial aumentou a moral do Sesi que chegou voando ao quarto set. Foram cinco pontos de dianteira abertos logo no início. Quando Taubaté ameaçou a reação, o levantador Rapha torceu o tornozelo direito e teve de deixar a quadra carregado por Dante e Lucão, jogador do Sesi, mas companheiro do atleta na seleção. A perda de Rapha refletiu no desempenho da equipe que foi derrotada por 25 a 22.
A pausa para o tie-break acalmou os ânimos do Taubaté, que se recompôs após perder dois sets seguidos. Com Dante e Lorena inspirados, a equipe abriu 11 a 6. Aí o Sesi reagiu e anotou quatro pontos seguidos. A situação piorou quando Dante levou o cartão vermelho por reclamação. Mas Thiago Sens, que entrou no lugar do capitão taubateano, saiu bem do banco e ajudou a equipe da casa a abrir. A vitória por 15 a 11 veio de uma forma inusitada, depois de dois cartões vermelhos - um para cada lado da quadra.
Escalações
Taubaté: Dante, Lorena, Rapha, Lipe, Maurício e Deivid. Entraram: Felipe, Tiago Sens, Pedro e Alberto. Téc: Cézar Douglas
Sesi: Lucão, Lucarelli, Serginho, Douglas, Théo e Aracajú. Entraram: Marcelinho, Thiaguinho e Rafael Araújo . Téc: Marcos Pacheco

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.