Header Ads

>

Thaisa fala da rivalidade com as russas




Brasileiras e russas são rivais de longa data. As duas equipes disputaram os títulos das duas últimas edições do Mundial, em 2006 e 2010. Nas duas vezes, a Rússia levou a melhor. Mas nas Olimpíadas de Londres, em 2012, o Brasil deu o troco vencendo nas quartas de final. Ao longo de todos esses anos, os encontros das duas potências sempre foram marcados por muita rivalidade. 

Gamova, Russia Mundial de Vôlei (Foto: Getty Images)

- Sempre tem muita rivalidade. É um time que está sempre disputando com a gente. Nós já perdemos para elas algumas vezes, e ficou dolorido. Elas têm umas posturas que a gente não gosta. Tudo isso motiva. Para mim, motiva muito. Uso isso como uma pimenta a mais – disse Thaísa.

A central contou que a estrela da equipe russa, a oposto Ekaterina Gamova, provocou Sheilla antes do jogo. A gigante, de 2,02m, aliás, já deu declarações falando mal das jogadoras brasileiras no passado.

- Elas fazem umas coisas desnecessárias. Ter a rivalidade dentro de quadra, ok. Mas, fora de quadra, acho que não precisa disso. São coisas pequenas, bobas, infantis... Por exemplo, a Gamova estava esperando o elevador, e a Sheilla chegou. Depois, o elevador chegou, e a Sheilla entrou. E ela não entrou. Desceu de escada porque não queria entrar no elevador com ela. Acho isso totalmente desnecessário - revelou a central.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.