Header Ads

>

Zé Roberto diz que 'medalha era questão de honra'





O sorriso não estava estampado no rosto das atletas, nem do técnico José Roberto Guimarães. A medalha de bronze foi tirada da mala só uma vez, por Fernanda Garay, a pedido dos fotógrafos. O primeiro título mundial da história do vôlei feminino ficou mais uma vez no quase. No comando da equipe desde 2003, Zé Roberto já tinha no currículo as pratas em 2006 e 2010, e agora tem o bronze conquistado no último domingo, após vitória sobre a Itália. O sentimento do treinador era ambíguo:

- A medalha era questão de honra. Foi uma pena termos jogado tão mal contra os Estados Unidos na semifinal, mas conseguimos nos superar e ficar com o bronze - explicou o treinador após o desembarque na manhã desta terça-feira em São Paulo.

josé roberto guimarães, desembarque seleção brasileira feminina de vôlei (Foto: Guilherme Costa)

A seleção é a atual bicampeã olímpica, mas perdeu duas vezes a final do Mundial para a Rússia, em 2006 e 2010. Sheilla, que esteve nas duas competições, também estava decepcionada, mas considerou muito importante a reviravolta do time para conquistar o bronze:

- Não é o resultado que a gente queria, mas o jogo contra a Itália foi muito importante. A gente queria muito estar no pódio. Faz parte não termos ficado com o título.Perdemos em uma hora que não podia - disse a jogadora.

Mais orgulhosa que Zé Roberto e Sheilla, estava a capitã Fabiana. Uma das principais jogadoras do time, a central preferiu exaltar o bronze e comparar o resultado com os últimos dois ciclos:

- Nossa equipe está de parabéns pelo campeonato. Foi um jogo que, infelizmente, perdemos. Saio orgulhosa, mas dou valor ao bronze. Nosso grupo é sensacional e a gente brinca que, quando perdemos o Mundial, a gente ganha as Olimpíadas - disse a jogadora.

O Brasil terminou o Mundial com 12 vitórias e apenas uma derrota, encerrando a competição como o time que menos perdeu. O próximo desafio é o Grand Prix de 2015, em que a seleção buscará o 11º título, sempre focando no principal objetivo, o tricampeonato olímpico em 2016.

Fernanda Garay, desembarque seleção brasileira feminina de vôlei (Foto: Guilherme Costa)

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.