Header Ads

>

Canoas bate São José e encosta nos líderes da Superliga




São José x Canoas Superliga Masculina (Foto: Thiago Leon/Zaia Comunicação)

O confronto no Ginásio Centro de Eventos Padre Vitor Coelho pode ser resumido em uma palavra: equilíbrio. No fim, prevaleceu a experiência de uma equipe que está a quatro anos na elite do vôlei nacional. O Canoas derrotou de virada o São José nesta sexta-feira, 7, por 3 sets a 1 (23/25, 25/23, 25/22 e 25/22) em pouco mais de duas horas horas.

Em um duelo marcado por muito erros de ataque, e bloqueios reinando absolutos na rede, o time gaúcho chegou à segunda vitória na Superliga, ocupando a quinta colocação, ao lado do Maringá, e a três pontos do líder Cruzeiro. Em contrapartida, o estreante, na décima posição com um ponto, amarga a quarta derrota consecutiva e segue sem vencer. 

Agora, o São José volta a jogar no dia 16, fora de casa, contra o Voleisul, às 14h, no Ginásio da Sociedade Ginástica, em Novo Hamburgo-RS. Já o Canoas entra em quadra novamente na próxima quarta-feira, 12, também fora de casa, contra o Juiz de Fora. O confronto será às 20h, no Ginásio da Universidade Federal de Juiz de Fora-MG.

O jogo

O primeiro set começou em um "vira-vira" no placar, com as duas equipes se alternando à frente do marcador. A partir do 10 a 10, a história mudou. O São José, sem o ponta Mineiro (substituído por Rodrigo), cometeu muitos erros e Canoas chegou a abrir quatro pontos de frente. Mas com uma bela distribuição de Pedrinho e uma reação repentina, os joseenses empataram em 19 a 19 e com uma série de quatro bloqueios, arrancaram para fechar o set em pouco mais de 29 minutos, com um apertado 25 a 23.

Na segunda etapa, o Canoas entrou mais ligado e começou a fechar a porta na rede com bons bloqueios nas pontas e ataques ataque pelo centro com Gustavo. No entanto, o elenco do Vale do Paraíba continuou com um bloqueio consistente e boas investidas com Kaio. A partida se manteve parelha até o time do Sul fazer 16 a 13, diferença de três pontos que se estendeu até 20 a 17. O São José Vôlei reagiu e empatou o confronto. Em um ataque errado de Rodrigo, saiu o último ponto para Canoas, com 27 minutos jogador. Resultado: 25 a 23.

O cenário de erros por parte das duas equipes se repetiu no terceiro set, com ataques errados nas pontas. Os bloqueios, principalmente dos centrais, funcionaram bem. Minuzzi, do Canoas, se destacou em largadinhas e recepções, e Quiroga, com muita precisão, guiaram sua equipe no set. O São José continuou a utilizar o poder de Kaio e Rodrigo nas pontas. O levantador joseense Pedrinho voltou a variar bem as bolas. No entanto, o São José não aproveitou os contra-ataques e abriu brecha para que Canoas escapasse no placar e fechasse o set em 25 a 22, com 29 minutos jogados.

No quarto set, os visitantes voltaram mais consistentes e iniciaram melhor, abrindo quatro pontos de vantagem e mantendo o ritmo até a metade do duelo. Desta forma, a partida seguiu equilibrada. Mas, no fim do jogo, duas falhas da defesa joseense decretaram o fim: 25 a 22 para Canoas.

Escalações


SÃO JOSÉ:
 Pedrinho, Kaio, Juninho, Rodrigo, Everton, Moisés e Túlio (líbero). Entraram: Jean, Edvaldo, Rodolpho e Bob - Técnico: Reinaldo Bacilieri.

CANOAS: Paulo Renan, Dennis, Quiroga, Minuzzi, Gustavo Endres, Tiago Barth e Jeffe (líbero). Entraram: Rodrigo, Dias, Evandro, Ale e Jardel - Técnico: Marcos Miranda.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.