Header Ads

>

Minas derrota Juiz de Fora pela Superliga Masculina




Juiz de Fora x Minas - Superliga Masculina 2014 (Foto: Bruno Ribeiro)

Na noite deste sábado, o Minas não tomou conhecimento dos donos da casa e venceu pela quinta vez o adversário em 2014. Sem sustos e com jogo equilibrado, o Minas venceu por 3 sets a 0 (25/15, 25/22, 29/27 ) e se manteve no grupo dos quatro primeiros colocados da Superliga Masculina de Vôlei. Com o resultado, o Minas vai aos 25 pontos na tabela. O Juiz de Fora permanece com 12, em nono lugar.

As equipes voltam à quadra apenas no dia 7 de setembro pela Superliga. O Juiz de Fora viaja até Campinas para pegar a equipe local, às 20h. Já o Minas recebe o Maringá a partir das 19h30.  

Embora o jogo tenha começado equilibrado nos cinco primeiros pontos, o Minas foi a equipe que conseguir abrir vantagem no primeiro tempo técnico. Com três bloqueios, sendo o último do central Petrus, o time da capital fez 8 a 5. Com erros de saque de lado a lado, os visitantes mantiveram a frente no marcador, ampliando a vantagem para 16 a 10. Em um ataque para fora, o Minas fechou em 25 a 15.    

O Minas iniciou bem o segundo set e consegui abrir vantagem no marcador logo nos primeiros instantes do período. A equipe da capital fez novamente 8 a 5 no primeiro tempo técnico, mas desta vez, com méritos para o contra-ataque do time do técnico Nery. O Juiz de Fora cresceu na partida na medida que o levantador Rodrigo começou a buscar as jogadas de meio de rede. O Juiz de Fora chegou a igualar o marcador em 14 a 14, mas com novos erros de serviço e dificuldades para aproveitar contra-ataques, o Minas voltou à ponta e fez 2 a 0, fechando em 25 a 22, em ataque do cubano Escobar.  

No terceiro set, o Juiz de Fora voltou melhor e finalmente conseguiu abrir vantagem no marcador. Com boas atuações de Sérgio Felix e Manius, o time da Zona da Mata chegou a abrir 11 a 5 no marcador, o que acendeu a esperança da torcida local. Quando o Juiz de Fora vencia por 14 a 10, o árbitro Luiz Henrique Coutinho anulou um ponto do ponteiro Manius, alegando ataque irregular, o que irritou os donos da casa. O Minas aproveitou o descontrole do time local e igualou o marcador. As equipes trocaram pontos e a liderança no marcador, até que Victor Hugo bloqueou os visitantes, e conseguiu um set point. No entanto, o Minas buscou o empate e fechou o jogo, com 29 a 27 no placar, em ponto de bloqueio duplo.       

Ao fim da partida, o diretor técnico do Juiz de Fora, Maurício Bara, foi tirar satisfação com a arbitragem sobre algumas irregulares, inclusive a anulação do ponto do jogador Manius. O supervisor do time da Zona da Mata, Heglison Toledo, também entrou em quadra e fez coro com o diretor técnico. A situação gerou discussão de ambos os lados, e os jogadores do Juiz de Fora precisam acalmar os ânimos dos integrantes da comissão técnica.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.