Header Ads

>

Pinheiros evita oba-oba e adota cautela em duelo contra o Minas





O sábado foi histórico para o Pinheiros. A equipe conseguiu o título da Copa do Brasil depois de derrotar o Rio de Janeiro e o Sesi-SP, as duas melhores equipes do país atualmente, e levou o maior troféu da história do clube. Mas o tempo para festejar foi pequeno e a equipe enfrenta o Minas nesta terça-feira, em São Paulo, pela 14ª rodada da Superliga Feminina de Vôlei. Jogando em casa, o time da capital paulista busca a décima vitória na competição e se aproximar dos líderes. O jogo será realizado às 19h30, no ginásio Henrique Villaboim, em São Paulo (SP). O técnico Wagner Fernandes, o Wagão, não quer que o sucesso suba a cabeça de suas jogadoras:
- Não vamos mudar nossa maneira de pensar. Um título nos enche de alegria, prova que estamos na direção certa. Mas a Superliga é mais longa, a gente tem que manter os pés no chão. Temos que usar o lado bom desse título, aproveitar a fase, canalizar a energia e nos classificar para os playoffs. Depois, pensamos até onde conseguimos ir - disse o treinador do time que está na quarta posição na Superliga, com nove vitórias e quatro derrotas.
Rosamaria, jogadora do Pinheiros, vôlei (Foto: CBV)
O Minas está na sexta posição na classificação com 22 pontos, sete vitórias e seis derrotas. O time de Jaqueline conseguiu uma boa recuperação depois que a campeã olímpica passou a atuar pela equipe. O técnico Marco Queiroga quer a vitória, para "recuperar" os pontos perdidos no primeiro turno quando, em casa, quando o time mineiro perdeu para o Pinheiros:
Jaque Jaqueline Minas Vôlei Superliga São José dos Campos (Foto: Danilo Sardinha/ GloboEsporte.com)
- Será mais um jogo muito importante para nós. Apesar de ser fora de casa, vamos buscar a vitória, para recuperar os pontos que perdemos em casa. Precisamos aproveitar as situações de saque, ter um bloqueio e uma defesa de alto nível. Estes são os pré-requisitos iniciais para vencermos a partida. Temos de ter consciência que o adversário procura jogar com muita bola de velocidade e temos de ficar atentos a isso - disse.
Ellen, um dos destaques da equipe do Pinheiros, acredita que o título da Copa Brasil dará um "empurrão" extra na Superliga:
- A gente estava quase chegando há muito tempo, aí finalmente conseguimos um título. Vai dar um gás extra para a Superliga, deu uma animada no grupo. Mas precisamos estar com o pé no chão.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.