Header Ads

>

Praia Clube faz dever de casa e derrota Araraquara




 O dever de casa foi cumprido. Foi com este sentimento que as atletas do Praia Clube deixaram a Arena Praia depois da vitória sobre o Araraquara nesta sexta-feira, por 3 sets a 0, com parciais de 27/25; 25/17; e 25 a 16. Apesar do bom início de jogo da equipe paulista, com bom desempenho da atacante Helô, quem decidiu o jogo foi a cubana Daymi Ramirez. Despejando potência nas adversárias, ela foi atleta mais acionada na partida e não fugiu da responsabilidade. Ramirez marcou 18 e foi a maior pontuadora do jogo. A levantadora Karine Guerra ficou com o troféu Viva Vôlei.

Com a vitória, o time mineiro tem 30 pontos, na quinta posição, dois a menos que o Pinheiros, quarto colocado. O Araraquara é o 11º, com oito pontos. Na próxima rodada, o Praia Clube enfrenta a equipe do São Bernardo na próxima terça-feira, fora de casa, às 20h. O Araraquara tenta se reabilitar com o Osasco, no mesmo dia e horário no Ginásio Gigantão.

Um início de jogo em que o saque do Araraquara entrou com a eficiência que Praia Clube não tinha ao cometer dois erros no fundamento. Mesmo assim, a partida se mantinha equilibrada, pois as jogadas pelas extremidades de ambos os times funcionavam. Quando o time da casa voltou a errar, desta vez com as centrais, o Araraquara abriu três pontos. Antes mesmo da metade do set, a vantagem aumentou para seis pontos. Helô era a principal atleta do Araraquara. Méritos também para a levantadora Ana, que colocava as jogadoras de ataque com o bloqueio livre ou quebrado. O Praia Clube teve uma melhora considerável. O saque começou a entrar e a recepção para Karine Guerra foi melhor. A diferença caiu para dois pontos, foi diminuindo e com bom desempenho ofensivo de Ramirez e Ju Costa, o Praia Clube fechou em 27 a 25.

 Praia x Araraquara (Foto: Assessoria de Imprensa / Praia Clube)

A disposição do Praia Clube para virar o placar no set anterior veio para a segunda parte. Com Ramirez sendo muito acionada, o time conseguiu abrir quatro pontos de vantagem e obrigou a técnica Sandra Leão a antecipar o pedido de tempo. Aos poucos, as donas da casa encontraram o melhor ritmo para definir as jogadas com a cubana. Desta vez, o time do Araraquara não conseguiu manter o que foi feito no início de partida. As atletas foram bem marcadas, o que facilitou para o Praia Clube fazer 2 a 0: 25 a 17.

No terceiro set, o Praia Clube conseguiu aplicar aquilo que deveria ser explorado no Araraquara. Fechou bem a porta de Helô e Ju Odilon, e conseguiu quebrar o passe adversário com o saque. Logo, Karine Guerra estava com o passe na mão e soube distribuir bem as jogadas. Tandara voltou a ser mais acionada e manteve regularidade. As jogadas pelo centro, preterida nos dois primeiros quartos, também foram usadas por Karine. Sem dificuldades, o Praia Clube fez 3 sets a 0 no jogo (25 a 16 no último set) e somou três pontos.



Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.