Header Ads

>

Rapha vê lição para o Taubaté pelo 4º lugar no Sul-Americano





Lomas x Vôlei Taubaté Sul-Americano (Foto: Divulgação/ UPCN San Juan Voley Club)
O Sul-Americano de vôlei não terminou da maneira que o Taubaté esperava. A derrota para o UPCN da Argentina no tie-break, na última sexta-feira, acabou com o sonho do título continental para a equipe do Vale do Paraíba. A equipe, por fim, terminou fora do pódio, na quarta colocação. O levantador Rapha analisa a participação do time.
– Viemos para essa competição com o objetivo de conseguir a classificação para o Mundial de clubes, mas não conseguimos. Tivemos a derrota para o UPCN, quando deixamos o jogo fugir das nossas mãos e não conseguimos fechar o jogo, que era decisivo. Claro que fica o gosto amargo, já que poderíamos ter classificado. Não conseguimos colocar o nosso voleibol em prática. Saímos daqui tristes, mas como uma lição que vai servir muito para o nosso futuro – afirmou Rapha ao site oficial da Confederação Brasileira de Vôlei.
Na participação da equipe no campeonato, foram duas vitórias e três derrotas. No jogo que valia a medalha de bronze do Sul-Americano, derrota para o Lomas por 3 a 1 (25-19, 22-25, 25-23 e 25-23).
Sem o título sul-americano, o Taubaté volta as atenções para a Superliga. Neste sábado, 22, às 17h, a equipe visita o lanterna São Bernardo. Os taubateanos estão na vice-liderança, com 43 pontos.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.