Header Ads

>

Sesi-SP vence Brasília em casa em noite de Fabiana




Sesi-SP comemora vitória sobre o Brasília (Foto: Lucas Dantas/ Divulgação Sesi-SP)
Foi por pouco, mas o Sesi-SP conseguiu evitar uma virada em casa nesta sexta-feira. Depois de estar vencendo por 2 sets a 0, o time de Fabiana precisou ir ao tie-break para bater o Brasília pela Superliga feminina de vôlei - parciais de 25/19, 25/21, 23/25, 22/25 e 15/13. A central bicampeã olímpica desequilibrou na parcial de desempate e garantiu o triunfo em casa.
Com 20 pontos, Fabiana foi um dos destaques do jogo e foi eleita a melhor jogadora. Ela só ficou atrás de Pri Daroit no ranking das pontuadoras - a ponteira teve 23 acertos. A central Bia também teve boa atuação, com 18 pontos, mesma pontuação de Michelle, do Brasília.
Com o apoio da torcida, o Sesi logo abriu vantagem e dominou todo o primeiro set diante do Brasília. Com sete acertos em ataques, a ponteira Pri Daroit puxou o time paulistano, que ainda contou com nove pontos de erros das visitantes para fechar em 25 a 19.
Liderado por Michelle, o Brasília cresceu no início do segundo set, mas o Sesi tomou a dianteira logo depois do primeiro tempo técnico comandado pelas centrais Bia e Fabiana. Cada uma anotou seis pontos para ajudar as anfitriãs a vencer por 25 a 21.
Novamente o Brasília se mostrou forte e, desta vez, não permitiu a virada das anfitriãs. Apesar dos seis pontos de Pri Daroit na parcial, Jéssica e Erika comandaram o Brasília, que levou o set por 25 a 23.
O Brasília manteve o ritmo forte. Pri Daroit ainda puxava o Sesi com ataques precisos, mas Michelle voltou a ter uma boa atuação no jogo e comandou a vitória das visitantes na parcial. Ela anotou oito pontos no set, que fechou em 25 a 22.
O equilíbrio ditou o ritmo do tie-break. Apenas na reta final o Sesi conseguiu abrir vantagem, empurrado pela boa atuação da central Fabiana. A bicampeã olímpica desequilibrou e anulou a reação do Brasília para fechar o jogo: 15 a 13.
Com o resultado, o Sesi conquistou a terceira vitória consecutiva na Superliga, chegou aos 49 pontos e continuou na cola do líder Rio de Janeiro, apenas três pontos atrás. O time paulistano volta à quadra na próxima terça-feira, às 20h, contra o São Caetano, fora de casa.
O Brasília, por outro lado, viu sua sequência negativa chegar à quinta derrota seguida na Superliga, mas somou um ponto e permaneceu na sétima posição, com 24 pontos, apenas um a mais que o São Caetano. A equipe da capital do país tem uma pedreira para tentar reencontrar o caminho das vitórias: encara o líder Rio, em casa, na próxima terça, às 19h30, com transmissão ao vivo do SporTV.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.