Header Ads

>

Sesi vence Minas no tie-break fora de casa




Minas e Sesi-SP brilharam em quadra, na noite desta terça-feira. Com muita raça e disposição, as equipes presentearam os torcedores com um belo jogo de vôlei. O time paulista saiu na frente e abriu 2 a 0, mas o Minas reagiu e buscou o empate, sendo o quarto set com vitória por 36 a 34. No tie-break, o Sesi-SP foi mais consistente e venceu por 15 a 9. O destaque da partida foi o líbero Serginho, que ficou com o Troféu Viva Vôlei. Lucarelli foi o maior pontuador, com 22 pontos. Pelo time minastenista, o central Flávio anotou 15.

Minas mostrou muita raça em quadra diante do Sesi-SP

Minas mostrou muita raça em quadra diante do Sesi-SP

Após a partida, o técnico minastenista exaltou a entrega de seus jovens jogadores. "Jogamos contra um time que é a base da seleção brasileira. Nosso time é jovem, mas brigou muito hoje. Ganhamos deles lá no primeiro turno, hoje perdemos, mas levamos um ponto. Tentamos de todas as formas, mas no tie-break não deu. Estou orgulhoso pelo crescimento do time. Precisamos evoluir para chegar bem nos play-offs", afirmou Nery Tambeiro.

O líbero Lucianinho também elogiou a reação do Minas contra o time paulista. "Faltou um pouco de consistência para nossa equipe, principalmente no tie-break. Reagimos bem após os dois primeiros sets, mas perdemos pra uma grande equipe, com jogadores de seleção. Não temos que abaixar a cabeça. Conseguimos jogar de igual para igual e conquistamos um ponto, isso é importante para a continuidade no trabalho".

O jogo
O Sesi-SP saiu na frente no jogo. A equipe paulista começou melhor, abriu 3 a 0, e obrigou o técnico Nery Tambeiro a pedir tempo. Após as orientações do treinador, o Minas melhorou no jogo, mas ainda assim terminou em desvantagem na primeira parada: 8 a 6. Na sequência, o time visitante cometeu vários erros de ataque, possibilitando a virada minastenista na partida. Inconstantes em quadra, os times se alternaram na liderança do placar. No fim, mesmo errando mais, o Sesi-SP fechou em 25 a 21.

Novamente a equipe paulista começou melhor o set, com o levantador Marcelinho usando bem as jogadas de ataque com Lucarelli e Rafa. O Sesi-SP também soube anular o oposto cubano Escobar, principal pontuador minastenista na Superliga. Já o Minas não conseguiu impor o seu ritmo de jogo e desperdiçou contra-ataques. Com tranquilidade, o Sesi-SP venceu por 25 a 19.

Precisando da vitória no terceiro set, o técnico Nery Tambeiro começou com Franco, Pétrus e Samuel no lugar de Escobar, Otávio e João Rafael. As mudanças fizeram efeito e o jogo ficou mais equilibrado, com as equipes trocando pontos. Na reta final do set, o Minas chegou a abrir vantagem, mas o Sesi-SP encostou e deixou o jogo emocionante. De volta para a quadra, coube ao cubano Escobar fazer o ponto que fechou o set em 25 a 23 para o Minas.

Embalados pela vitória, os jogadores minastenistas voltaram bem para o quarto set. Com raça, tentavam buscar o empate na partida. Mas do outro lado o Sesi-SP não desanimou. Disposto a vencer o jogo, o time visitante também lutou muito e dificultou as ações do Minas. E o fim do set foi espetacular. Muita disposição, recuperações e cravadas dos dois lados. Com a torcida minastenista de pé nas arquibancadas da Arena e vibrando muito, o Minas venceu por incríveis 36 a 34 e levou a partida para o tie-break.

No quinto e decisivo set, o Sesi-SP largou na frente e abriu vantagem. O Minas tentou se recuperar, mas o time paulista foi preciso nos ataques para liderar o placar do início ao fim. E o jogão na Arena Minas Tênis Clube terminou com vitória do time visitante por 15 a 9 no set, e 3 a 2 no jogo.

Agora, o Minas terá mais um grande desafio pela frente. No sábado, a equipe enfrenta o líder Sada Cruzeiro, às 17h, no Ginásio do Riacho, em Contagem. Com o resultado desta noite, o time minastenista permanece em quinto lugar na tabela, com 34 pontos. O Sesi-SP é o terceiro, com 39 pontos ganhos.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.