Header Ads

>

Juiz de Fora vence São Bernardo, mas está desclassificado da Superliga




O Juiz de Fora fez a sua parte. Na última rodada da Superliga Masculina de Vôlei, a equipe mineira venceu o São Bernardo por 3 sets a 0 (25/19, 25/22 e 25/14). Este era apenas o primeiro dos três resultados que precisam acontecer, neste sábado, para o Juiz de Fora avançar aos playoffs da competição nacional pela primeira vez em quatro temporadas de Superliga Masculina. Além de precisar vencer a partida por 3 sets 0, os mineiros torciam pela derrota do Voleisul e do Montes Claros, por 3 a 0 ou 3 a 1. No entanto, quem atrapalhou o sonho do time de Juiz de Fora foi o Montes Claros que, antes do apito final, eliminou a equipe da Zona da Mata quando garantiu dois sets do jogo. 

Juiz de Fora x São josé dos Campos - Superliga Masculina 2014/2015 (Foto: Bruno Ribeiro)

O São Bernardo viajou para Juiz de Fora apenas para cumprir tabela. No entanto, o time queria complicar a vida dos donos da casa. Acesa em quadra, a equipe do ABC paulista começou bem a partida, abriu quatro pontos de vantagem e ficou o primeiro tempo técnico na frente, vencendo por 8 a 6. Mesmo com a equipe em desvantagem no marcador, o torcedor do Juiz de Fora sabia que o apoio era fundamental e incentivou o Juiz de Fora, que equilibrou o jogo. Com bom aproveitamento dos ponteiros Manius e Sérgio Felix, a equipe mineira passou à frente e fez 16 a 10 na parada técnica. Os paulistas chegaram a diminuir a vantagem, mas, com um ponto de bloqueio de Victor Hugo, os donos da casa fecharam o set em 25 a 19.     

O segundo set começou parecido com o primeiro: o Juiz de Fora cometendo erros, e o São Bernardo, com boa atuação do oposto Najari, abrindo frente no marcador. Ao final do primeiro tempo técnico, os paulistas já tinham 8 a 5 no placar. Observando o mau momento da equipe, o técnico Alessandro Fadul fez a inversão do 5 em 1, colocando o oposto Alemão e o levantador Gelli nos lugares de Rodrigo e Bergamo. As alterações não surtiram efeito imediato, e os paulistas chegarem a ter 19 a 12 a favor. O set parecia estar definido, mas o Juiz de Fora tirou a diferença e buscou a virada, com um ponto de central Victor Hugo, grande personagem do set, com bloqueios e bom aproveitamento no ataque. Em uma pancada de Bergamo, o Juiz de Fora fechou em 25 a 22.     

O Juiz de Fora foi para o terceiro set precisando vencer, mas principalmente torcer contra o Montes Claros. Quando a bola viajou para o terceiro tempo no Ginásio da UFJF, o Montes Claros vencia por 1 set a 0 e não poderia vencer mais nenhum, porque eliminaria qualquer possibilidade de Juiz de Fora avançar. No entanto, Campinas conseguiu empatar a partida no Norte de Minas e manteve o sonho juiz-forano vivo de chegar aos playoffs. Em quadra, a equipe saiu novamente atrás no placar, perdendo por 8 a 7 no primeiro tempo técnico. No entanto, o Juiz de Fora se tornou dono do set, com belas atuações de Victor Hugo e Ialisson, fechando o jogo em 25 a 14. Mas no Ginásio Tancredo Neves, o Montes Claros conseguiu fazer mais um set e tirou a chance do time da Zona da Mata de avançar na Superliga Masculina.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.