Header Ads

>

Maria Clara/Carol bate Juliana/Maria Elisa e é ouro na BA




vôlei de praia, Maria Clara e Carol (Foto: Paulo Frank / CBV)

Juliana e Maria Elisa não sabiam o que era uma decisão de etapa do Open (elite do vôlei de praia) desde a segunda da temporada, em Niterói. Na ocasião, a parceria encarou Larissa e Talita e perdeu. No sábado, bateu justamente essas rivais na semi e ganhou a chance de encarar Maria Clara e Carol pelo caneco na Bahia, neste domingo. Elas entraram muito concentradas e, a exemplo do dia anterior, jogaram bem, com destaque para o segundo set, mas não foram páreo para a união das irmãs. O placar final ficou 2 a 1 (21/16, 16/21 e 15/9) no tie-break, dando o título da etapa de Salvador à Maria Clara e Carol.

As campeãs do Circuito Mundial chegaram a ter vantagem no início, mas as comandadas da ex-jogadora Isabel estavam em grande dia. No sábado, as duas garantiram o vice-campeonato do Circuito Brasileiro ao bater Ágatha/Bárbara Seixas na semifinal.

Maria Clara e Carol demonstraram que a parceria realmente vive um novo momento desde que passou por uma breve separação de um mês no meio do ano passado e decidiu reestruturar a equipe técnica, colocando a mãe no comando, para retornar como um time. Foi o segundo título de etapa delas no Circuito Brasileiro. O outro aconteceu em João Pessoa, na Paraíba.

- Eu e Maria temos essa coisa de uma salvar a outra. Quando ela me salva, tenho até mais prazer que um ponto meu. Nós brigamos, falamos, mas há uma energia especial quando damos a mão. Amo jogar muito por isso. O período de separação foi importante para rever as coisas. Estou feliz, mas cada torneio é um torneio. Quando você ganha, precisa lembrar que isso passa rápido. Vou comemorar hoje, mas terça já estou treinando - disse Carol, lembrando que a dupla estará no Superpraia A, no fim de abril, um torneio com formato independente, que coloca as oito principais duplas do Circuito Nacional em disputa.

A VITÓRIA DE MARIA CLARA/CAROL

No primeiro set, as irmãs cometeram poucos erros e mesclaram alguns lances de técnica, como uma virada de Carol em uma posição que parecia desfavorável, a outros de raça, sobretudo no fundo de quadra. Elas fecharam em 21/16.

No segundo, após conversarem com a técnica Leticia Pessoa, Juliana e Maria Elisa abriram logo com um ace da segunda. Sua parceira foi esperta e ampliou em bola de xeque. As duas corrigiram seus erros e melhoraram substancialmente, dando o troco nas filhas de Isabel e devolvendo o 21 a 16 após uma bomba de Maria Elisa em Maria Clara.

No tie-break, as duplas disputaram ponto a ponto. Juliana saltou para disputar o bloqueio e caiu sentindo dores, mas não precisou de atendimento. Maria Clara fazia um jogaço. Pontuou na rede após Maria Elisa salvar bonito e, em seguida, com um toque de categoria no fundo da quadra.

No feminino, o bronze em Salvador foi para Larissa e Talita, que bateram Ágatha e Bárbara Seixas por 2 a 1 (17/21, 21/12 e 15/13). As duas, aliás, levaram o caneco no feminino na etapa passada, em Jaboatão dos Guararapes, de forma antecipada.


Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.