Header Ads

>

Molico Osasco vence Pinheiros no primeiro jogo das quartas de final




Molico/Nestlé (SP) vence primeiro jogo do play-off das quartas de final sem dificuldade

21-03-2015

Pinheiros (SP) sucumbe ao poder ofensivo das donas da casa e perde por 3 sets a 0. Jogo de volta será na terça (24) e pode definir o confronto



No primeiro jogo do play-off das quartas de final da Superliga feminina de Vôlei, o Molico/Nestlé (SP) recebeu o Pinheiros (SP) no José Liberatti, em Osasco, e fez valer o mando de quadra. Com boa atuação de Thaísa, tanto no bloqueio, quanto nas bolas de meio, a equipe da casa não teve dificuldades em fechar a partida em 3 sets a 0 (25x14, 25x21 e 25x23) e sair em vantagem no confronto melhor de três.

O primeiro set começou, e como já era esperado, o Molico/Nestlé tomou a iniciativa. Acuado, o Pinheiros pouco produziu e viu a equipe da casa, liderada pela cubana Carcaces e pela levantadora da Seleção Brasileira, Dani Lins, sair na frente no duelo. O técnico Wagner Coppini ainda tentou motivar sua equipe a correr atrás do resultado, que chegou a estar 19x9 para as donas da casa, mas não houve jeito. As meninas do Pinheiros não conseguiram furar o bloqueio de Thaísa e Adenízia e viram o Molico/Nestlé fechar o primeiro set sem dificuldades por 25x14, após ace de Thaísa. Os números provam a soberania do time de Luizomar de Moura, que fez 15 pontos de ataque, contra 5 do Pinheiros.

No segundo set, a história se repetiu. Com direito a ponto de segunda de Dani Lins, em tarde inspirada, O Molico/Nestlé chegou a abrir 8x3 no placar antes do primeiro tempo técnico. O treinador Wagner Coppini, ou ''Wagnão'' como é conhecido, tratou de reanimar sua equipe, mas de nada adiantou. Tudo dava certo para o Molico/Nestlé, prova disso foi o saque da cubana Carcaces que tocou na fita e caiu de mansinho na quadra do Pinheiros, que atônito, parecia ainda não ter entrado em quadra. A sorte caminha ao lado da competência, e o time da casa se mostrou mais uma vez competente, abrindo oito pontos de distância no marcador e administrando o jogo. A equipe visitante ameaçou encostar no placar no fim, mas não teve forças o suficiente para virar. Ivna fechou o set para o Molico/Nestlé em 25x21.

O terceiro set começou mais disputado. O Pinheiros acordou na partida e sob a batuta de Renatinha, chegou a abrir 7x3 no placar. Após três erros de saque, Luizomar de Moura pediu tempo e tratou de arrumar sua equipe em quadra. O Pinheiros continou melhor no jogo, porém, aos poucos, o Molico/Nestlé encostou e o resultado permaneceu apertado até o final. Lá e cá, os dois times revezavam pontos, até que Mari saiu do banco de reservas para virar três bolas consecutivas e colocar o Molico/Nestlé na frente. Ivna fechou o terceiro set em 25x23 e o jogo em 3 sets a 0 para o time da casa. Ao final, Dani Lins foi eleita a melhor jogadora da partida e comemorou: ''O time entrou determinado, nós temos treinado bastante para chegar bem nos play-off e graças a Deus deu tudo certo e nós conseguimos impor o nosso jogo'' - disse a levantadora.

Agora o Pinheiros tem a obrigação de vencer o segundo jogo se quiser levar o confronto à partida desempate. O jogo acontecerá na próxima terça, dia 24, com vantagem para o Molico/Nestlé.

O próximo jogo será na terça feira, dia 24, e poderá definir o classificado para a semi final, em caso de vitória do Molico/Nestlé. O Pinheiros por sua vez, tentará usar da força de sua torcida para empatar o confronto e levar a decisão para o terceiro jogo. O vencedor deste embate, enfrentará na semi final o vencedor de Sesi (SP) x Brasília Vôlei (DF).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.