Header Ads

>

Sada Cruzeiro vence Minas no primeiro jogo da semifinal




superliga de vôlei Minas x Sada (Foto: Orlando Bento)

Dono da melhor campanha na fase de classificação, e atual campeão, o Cruzeiro saiu na frente do Minas em uma das semifinais da Superliga Masculina de vôlei. Jogando em casa, o time celeste contou com o apoio da torcida para vencer o duelo mineiro por 3 sets a 1. Parciais de 25/23, 26/24, 23/25 e 25/21 na primeira partida da série melhor de três da semifinal.

No duelo dos cubanos Leal, do Cruzeiro, e Escobar, do Minas, melhor para o atleta celeste, que marcou 18 pontos, sendo o maior pontuador da partida, ao lado do também cruzeirense Wallace. Do outro lado, Escobar foi o principal pontuador do Minas, com 14 bolas viradas

O primeiro set começou extremamente equilibrado, mas com alguns erros de saque dos dois times. Trocando bolas, o Cruzeiro só abriu dois pontos de vantagem no 12º ponto, mas rapidamente o Minas virou o jogo em dois bloqueios de Otávio. Nada que abalasse os donos da casa ou tirasse o equilíbrio da parcial, que seguiu disputada e foi decidida em um erro. Com o time da casa vencendo por 24 a 23, o levantador Everaldo, do Minas, tentou um levantamento e acabou invadindo a quadra adversária, explodindo a torcida celeste.

A derrota no primeiro set não foi sentida pelo Minas, que começou melhor e abriu três pontos de frente na primeira parada técnica. No entanto, uma sequência de erros do time visitante, e até do sistema que ajuda o juiz em bolas na linha, que acusou um saque bom de Leal, mas que foi fora, colocaram o Cruzeiro de volta no set. Na segunda virada técnica, o time celeste já passou na frente e não perdeu mais a ponta, fechando o set em 26 a 24 em um erro do cubano Escobar, que encostou na rede na tentativa do bloqueio.

O terceiro set seguiu o mesmo caminho dos anteriores: muito equilíbrio e erros de saques dos dois lados. Enquanto Willian dividia bem as bolas para seus atacantes, Everaldo buscava em Escobar sua segurança para virar as bolas. Se nos dois primeiros sets o Cruzeiro deslanchou na reta final, desta vez foi diferente e o Minas acabou fechando a parcial por 25 a 23.

No quarto set, o Cruzeiro ficou em vantagem, explorando, principalmente, os saques de Isac. O time da casa chegou a fazer 7 a 4 no placar, mas o Minas reagiu e a partida ficou equilibrada a partir de 9 a 9. E foi assim, se revezando no placar, que os dois times ficaram até 14 a 14. Depois, o Cruzeiro abriu novamente vantagem, chegou a fazer 17 a 15. Quando o jogo estava em 19 a 17 para o time cruzeirense, Flávio errou um saque para o Minas, ampliando a vantagem celeste no placar. Com um saque de Wallace, os donos da casa fizeram 23 a 19. Coube ao cubano Leal marcar o 24º ponto cruzeirense, em uma bola que explodiu no bloqueio minastenista. E foi num erro de saque, de Everaldo, que o Cruzeiro fechou o set em 25 a 21, vencendo o jogo.

O segundo jogo da semifinal será no dia 30, às 18h30 (de Brasília), na Arena Minas. Se vencer, o Cruzeiro carimba a vaga na decisão da Superliga Masculina. Para o Minas, só a vitória interessa para forçar o terceiro jogo, que, se necessário, será jogado no Ginásio do Riacho, em Contagem.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.