Header Ads

>

Samuel recusa convocação de Bernardinho





Chegar à seleção brasileira é um sonho de qualquer atleta. Quando um jovem surge como uma promessa, esse sonho fica cada dia mais perto. O ponteiro Samuel é um destes exemplos, mas, depois de conseguir chegar à seleção, a vida de Samuel acabou sendo dificultada por uma série de lesões. Sem jogar pelo Brasil por quase sete anos, Samuel voltou a ser chamado por Bernardinho nesta semana. No entanto, em uma decisão inesperada, o jogador decidiu não aceitar o convite do técnico e não se apresentou à seleção para a preparação para a Liga Mundial. 
Em entrevista ao Esporte Interativo, Samuel explica motivo para não ter se apresentado (Foto: Reprodução/Instagram)
"Eu decidi não me apresentar por achar que poderia estar precipitando o momento. O ritmo da seleção é muito pesado e competitivo. Por ter ficado muito tempo parado, fisicamente ainda não estou preparado", afirmou Samuel em uma conversa exclusiva com o Esporte Interativo.
Para comunicar a sua decisão, o jogador decidiu fazer uma postagem em um perfil de rede social. Mas antes conversou com Bernardinho, técnico da seleção, para explicar, por telefone, o motivo para não ter se apresentado. Se Samuel está preocupado em ter fechado a porta para a seleção brasileira com a sua decisão, o ponteiro pode ficar tranquilo. Bernardinho, técnico da seleção brasileira, afirmou que vai continuar monitorando o desempenho do jogador e que a porta da seleção ainda está aberta.
"Ele me explicou a situação ontem por telefone. Ele tem todo o meu respeito. A volta dele seria interessante para a seleção, mas eu não posso obrigar ninguém. O que ele disse era que preferia se poupar fisicamente. Vamos continuar monitorando o desempenho dele no clube e, em uma outra ocasião, ele pode voltar a ser convocado. As portas continuam sempre abertas para ele. Vamos seguir em frente", disse Bernardinho, técnico da seleção brasileira.
Apesar da decisão polêmica, Samuel espera não ficar prejudicado em um futuro próximo. O ponteiro continua na expectativa para, quem sabe, voltar à seleção em outra oportunidade.
"Conversei com o Bernardinho e expliquei a minha situação. Ele não me disse nada que eu já não esperava, mas eu senti que ele foi receptivo. Espero não ter fechado a porta na seleção. Se eu for lembrado de novo e achar que estou preparado fisicamente, eu vou me apresentar"
Como Samuel não vai estar mais com o grupo de jogadores da seleção brasileira nos próximos compromissos, o ponteiro deu algumas dicas de jogadores que poderiam estar também na convocação. Entre eles, o ponteiro Leal. O cubano já afirmou que aceitaria se naturalizar para jogar pela seleção.
"O Leal é um fenômeno. Tecnicamente ele faz diferença em qualquer clube do mundo. Ele poderia agregar muito à seleção, mas eu não sei como funciona o processo burocrático de naturalização. O Filipe é outro jogador que tem chances de estar na seleção. Respeito todos os jogadores convocados, mas acho que eles também poderiam ter  espaço", falou Samuel já dando uma dica para Bernardinho.
Para estar novamente no plantel do técnico Bernardinho, Samuel vai precisar continuar se destacando no clube. No entanto, o jogador ainda não está com a situação definida já que o Minas não começou nenhuma negociação de renovação.
"Para a próxima temporada, eu não sei como vai ficar a situação do Minas. Até em relação ao patrocinador, se vai continuar ou não. O mercado ainda está muito parado. Eu ainda estou com a minha situação indefinida porque não tive nenhuma conversa para a renovação", afirmou Samuel.
Para um jogador que lutou contra as lesões nas últimas temporadas, voltar à seleção parecia ser a consagração da retomada do bom momento na carreira. Mas, por achar que ainda não está nas condições ideais, Samuel, com 31 anos, decidiu não se apresentar à seleção.
Fonte: Esporte Interativo

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.