Header Ads

>

Volta Redonda corre atrás de apoio para voltar à Superliga: "Nova história"




Eduardo, Marco Antônio e Ricardo (Foto: Eduardo Fernandes/Arquivo Pessoal)

É grande a esperança de que a cidade de Volta Redonda volte a ter uma equipe de vôlei e participe da Superliga B na próxima temporada (2015/2016). O projeto é de Eduardo Fernandes, ex-gerente de vôlei do time extinto no fim de 2014, e do advogado Ricardo Nascimento. Eles se reuniram recentemente com o secretário estadual de Esportes do Rio de Janeiro, Marco Antônio Cabral.

— Pedimos apoio a ele para voltar com a equipe e ele nos garantiu apoio através da lei de incentivo ao esporte, onde ele destacou a carência de eventos esportivos no interior do estado - disse Eduardo Fernandes.

A ideia é que empresas que patrocinarem o clube tenham renúncia fiscal do Imposto de Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS), o que facilitaria a procura por parceiros. Uma resposta oficial será dada pelo secretário estadual nesta quarta-feira, em uma reunião no Rio de Janeiro.

— Já estamos negociando com algumas empresas, mas precisamos que a pauta seja aprovada para que possamos protocolar o projeto. Começaremos do zero uma história nova - acrescentou Eduardo, que deixa claro que a iniciativa nada tem a ver com a equipe anterior, vinculada ao Volta Redonda Futebol Clube, o Voltaço.

Em cinco temporadas, a melhor colocação do Voltaço na Superliga foi o sétimo lugar em 2012/2013 — a eliminação nos playoffs foi contra o vice-campeão, Cruzeiro. O clube teve as atividades encerradas em outubro de 2014, às vésperas do início da competição nacional.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.