Header Ads

>

Mundial de Vôlei de Praia vale vaga nos Jogos Rio 2016




 

Em meio à corrida por pontos no ranking olímpico pelas vagas na Rio-2016, começa hoje o Mundial de Vôlei de Praia na Holanda.

Disputado em quatro cidades (Amsterdã, Apeldoorn, Haia e Roterdã), o Campeonato Mundial tem o Brasil como maior vencedor, com cinco títulos entre os homens e quatro entre as mulheres. Os EUA aparecem em segundo, com cinco ouros.

Ao todo, o Brasil será representado por oito duplas. No masculino, são Alison/Bruno Schmidt (ES/DF), Álvaro Filho/Vitor Felipe (PB), Evandro/Pedro Solberg (RJ) e Ricardo/Emanuel (BA/PR). No feminino, entram em quadra a partir de hoje as parcerias Ágatha/Bárbara Seixas (PR/RJ), Fernanda Berti/Taiana (CE/RJ), Juliana/Maria Elisa (CE/PE) e Larissa/Talita (PA/AL).

Um brasileiro, em especial, pode quebrar um recorde. Tricampeão - com Loyola (1999), Ricardo (2003) e Alison (2011) -, Emanuel está empatado com a americana Walsh. Novamente em dupla com Ricardo, com quem foi campeão olímpico em Atenas-2004, Emanuel busca o 4º título para se isolar como maior vencedor da competição. Walsh também disputará o torneio na Holanda.

Esta é a décima edição do Mundial, que começou a ser realizado em Los Angeles, em 1997, e é disputada a cada dois anos. Pela primeira vez, o torneio será disputado em quatro cidades de maneira simultânea.

Os países dos atletas campeões estarão automaticamente classificados para a Olimpíada do Rio, em 2016. A vaga é da federação, e não do time campeão.

São 48 duplas femininas e 48 masculinas divididas em 12 grupos com quatro times cada. Os dois melhores de cada chave avançam diretamente para a próxima fase, assim como os oito melhores terceiros colocados. A partir desta etapa, as partidas passam a ser no formato de eliminação simples, com as oitavas, quartas, semifinal e a decisão.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.