Header Ads

>

Alison e Bruno Schmidt avançam à semi do Mundial




Alison Bruno Schmidt Vôlei de Praia (Foto: Reprodução / Twitter)

O confronto contra Jacob Gibb e o "showman" Casey Patterson, conhecido pelo seu jeito extrovertido e cabelo moicano, apontava para uma partida complicada na areia de Apeldoorn. Afinal de contas, do outro lado da rede, estavam os campeões da última etapa do circuito mundial de vôlei de praia em São Petersburgo. Porém, o que se apresentou a Alison e Bruno Schmidt foi uma quarta de final bastante tranquila. Com exceção de um mau momento na primeira metade do segundo set, a dupla brasileira passou por cima dos americanos e se classificou à semifinal do Mundial da Holanda ao vencer por 2 sets a 0, parciais de 21/12 e 21/17.

A combinação bloqueio/defesa e o volume de jogo de "Mamute", de 2,03m, e Bruno Schmidt destruíram o bom conjunto americano. Com três pontos em contra-ataques, o Brasil abriu rápida vantagem (6/2). Fora do jogo, Patterson e Gibb tinham enormes dificuldades em virar as bolas.  Alison, com um ace e um bloqueio, deixou a diferença em cinco (10/5). O quarto erro de ataque de Patterson colocou a vantagem canarinho em dois dígitos (18/8) A largadinha de "Mamute" por cima do bloqueio encerrou o tranquilo set (21/12).

Os brasileiros iniciaram no mesmo ritmo o segundo set. Não fosse um toque na rede com peito, a vantagem canarinho estaria em quatro pontos (4/2). A reação americana aconteceu. Uma mão de ferro vencida por Gibb sobre Alison na rede e um bloqueio em Bruno Schmidt colocaram os rivais na liderança (8/7). Mas, aos poucos, o mau momento da dupla verde e amarela foi passando. Alison reencontrou o tempo de bloqueio, Bruno o de defesa. A vantagem voltou a ser sul-americana (16/14). Tranquila, a equipe brasileira só precisou trocar ataques. E foi o que aconteceu. Em mais um contra-ataque finalizado por Bruno, a semifinal chegou (21/17).

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.