Header Ads

>

Brasil enfrenta a Bélgica pelo Grand Prix




257721_518671__dsc2352
Depois de três vitórias na primeira semana do Grand Prix contra, respectivamente, Japão, Sérvia e Tailândia, a seleção brasileira feminina de vôlei voltará à quadra nesta sexta-feira (10.07) pela segunda semana da competição. O Brasil enfrentará a Bélgica, às 14h, diante da torcida brasileira, no ginásio do Ibirapuera, em São Paulo. A partida terá transmissão ao vivo da TV Globo, da Band e do SporTV.
Na classificação geral do Grand Prix, Brasil, China e Estados Unidos são as únicas equipes invictas após a primeira semana da competição. As chinesas lideram, com nove pontos, seguidas, respectivamente, pelas brasileiras e americanas, que têm a mesma pontuação, mas um saldo de sets inferior.
O treinador José Roberto Guimarães comentou sobre a expectativa para o primeiro desafio na etapa brasileira do Grand Prix e fez uma análise sobre a Bélgica.
"A Bélgica é um time que joga com bolas altas e tem duas jogadoras de meio que são versáteis e velozes. É uma equipe que tem obtido bons resultados. No ano passado subiu para a primeira divisão, se prepara para o Campeonato Europeu e está jogando de igual para igual com as melhores seleções do mundo", disse José Roberto Guimarães.
A oposto Joycinha garantiu que está muito motivada para voltar a jogar diante da torcida brasileira. Depois de três temporadas no exterior, a atacante não vê a hora de curtir a proximidade com os fãs, amigos e familiares.
"Jogar perto da torcida não tem preço. A gente está se adaptando ao fuso horário em decorrência da viagem, algumas meninas ainda estão com alguma dificuldade no sono, mas atuando em casa a empolgação é alta e faz com que o ambiente seja muito prazeroso. Minha família é de São Paulo e não tem a chance de me ver jogando aqui há muito tempo, pelo fato de estar atuando no exterior. Será ótimo tê-los por perto, além dos amigos. Queremos muito ir bem aqui, agradar a nossa torcida e fazer pontos importantes", afirmou Joycinha, que na última temporada defendeu o Daejeon KGC, da Coréia do Sul.
A ponteira Natália chamou a atenção para o bom nível técnico apresentado no treinamento desta quinta-feira.
"Fisicamente está todo mundo bem, fizemos uma boa primeira semana e queremos manter o nível de concentração alto. O último treino, nesta quinta, foi muito bom e é sempre especial jogar em casa, todos torcendo pelo mesmo time. Em partidas de clubes as torcidas ficam divididas, mas aqui todo mundo vibra pelo mesmo time. Teremos familiares e amigos. E a torcida aqui no Ibirapuera é muito calorosa, espero que o ginásio esteja lotado", ressaltou Natália.
Entenda o Grand Prix
De 3 a 18 de julho, as 12 principais seleções disputarão a fase classificatória. A cada semana, serão formados três grupos com quatro seleções em cada, definidas em sorteio. Nesta etapa, o Brasil jogará em três cidades diferentes: Bangcoc (Tailândia), São Paulo (Brasil) e Catania (Itália). O time verde e amarelo é o atual campeão e luta pelo 11º título.
Ao fim da fase de classificação, as cinco equipes mais bem colocadas avançarão à fase final, que contará ainda com os Estados Unidos, país sede. A fase final acontecerá de 22 a 26 de julho, em Omaha, nos Estados Unidos.
GRAND PRIX 2015
BANGCOC (TAILÂNDIA)
(03.07) – Brasil 3 x 1 Japão (21/25, 25/21, 25/17 e 27/25)
(04.07) – Brasil 3 x 0 Sérvia (25/20, 25/15 e 25/15)
(05.07) – Brasil 3 x 0 Tailândia (25/18, 25/13 e 25/23)
SÃO PAULO (BRASIL)
Fonte: CBV

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.